Taxa de desemprego foi de 6,7% em Portugal em abril

Taxa de desemprego subiu ligeiramente em Portugal em abril para 6,7% e fixou-se na área euro em 7,6 % e na União Europeia a 28 situou-se nos 6,4 %, indicou o Eurostat.

0
Taxa de desemprego foi de 6,7% em abril em Portugal
Taxa de desemprego foi de 6,7% em abril em Portugal. Foto: © Rosa Pinto

A taxa de desemprego, em valores corrigidos de sazonalidade, foi, em abril deste ano de 7,6 % na área do euro, o que representa uma diminuição dos 7,7 % registados no mês anterior e dos 8,4 % registados em Abril de 2018, indicam dados do Eurostat, o Serviço de Estatística da União Europeia.

Na União Europeia a 28, a taxa de desemprego situou-se, em abril de 2019, em 6,4 %, tendo-se mantido estável em relação ao mês anterior e representando uma diminuição em relação ao valor de 7 % registado em abril de 2018.

Em Portugal, a taxa de desemprego foi, no mês de abril de 2019, de 6,7 %, revelando um aumento relativamente ao mês anterior quando se registou uma taxa de desemprego de 6,5 %, mas um valor inferior aos 7,1 % registados em abril de 2018.

Entre os Estados-Membros, as taxas de desemprego mais baixas verificadas em abril foram na República Checa com 2,1%, na Alemanha com 3,2% e nos Países Baixos com 3,3%.

Por outro lado as maiores taxas de desemprego foram observadas na Grécia com 18,5% em fevereiro de 2019, na Espanha com 13,8% e na Itália com 10,2%.

Em relação e 2018, a taxa de desemprego diminuiu em todos os Estados-Membros, com exceção do Luxemburgo e da Polónia, onde permaneceu estável, e registou um pequeno aumento na Dinamarca, passando de 5,2% para 5,3%.

As maiores diminuições da taxa de desemprego registaram-se na Grécia, que possou de 20,6% para 18,5%, entre fevereiro de 2018 e fevereiro de 2019, na Estónia que passou de 6,0% para 4,1%, entre março de 2018 e março de 2019, e na Espanha, de 15,6% para 13,8%.

Em abril de 2019, a taxa de desemprego nos Estados Unidos era de 3,6%, em março era de 3,8% e de 3,9% em abril de 2018.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!