A NÃO PERDER

Vacina COVID-19 portuguesa mostra produzir anticorpos contra SARS-CoV-2

Resultados de ensaios pré-clínicos em animais revelam que a vacina COVID-19 desenvolvida pela Immunethep, em Cantanhede, produzir anticorpos específicos para o coronavírus SARS-CoV-2. A vacina é de administração intranasal.

Vacina da Pfizer com eficácia de 100% em jovens dos 12...

Ensaio clinico de fase 3 em adolescentes, dos 12 aos 15 anos de idade, a vacina da Pfizer-BioNTech COVID-19 mostrou eficácia de 100%, e ser bem tolerada. As empresas pretendem que a vacina seja autorizada para as camadas mais novas.

Universidade de Évora instala Sistema de Alerta Precoce de Sismos

Rede nacional de monitorização sísmica para um Sistema de Alerta Precoce de Sismos está a ser desenvolvida pela Universidade de Évora. Com financiamento do Estado e da Comissão Europeia vai permitir detetar sismos e determinar algumas das características.

CIÊNCIA

F Facebook TVE

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS

Crianças com COVID-19 podem apresentar várias complicações cerebrais

Estudo de investigação liderado pela Universidade de Liverpool concluiu que crianças hospitalizadas com COVID-19 apresentam várias complicações cerebrais e estas têm o potencial de causar incapacidades para toda a vida.

Medicamento para dermatite atópica aprovado na União Europeia

Tratamento biológico inovador, da LEO Pharma, para adultos com dermatite atópica moderada a grave, foi aprovado pela Comissão Europeia. O fármaco tralocinumab mostrou eficácia na redução dos sintomas da doença e sem efeitos adversos de preocupação.

Pessoas infetadas com COVID-19 mantêm sintomas para além de 6 meses

Mais de metade das pessoas infetadas com COVID-19 mantém sintomas passados 6 a 8 meses do início da infeção. Entre os pacientes com “COVID longo” 25% têm falta de ar e 26% sintomas de depressão.

Uma dose da vacina Sputnik V desenvolve forte proteção contra a...

Estudo mostra que basta uma única dose da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19 para desenvolver fortes respostas de anticorpos contra a infeção por SARS-CoV-2. Uma segunda dose da vacina não aumentou a produção de anticorpos neutralizantes.

Vacina portuguesa contra a COVID-19 mostra elevada eficácia em infeção letal

Resultados dos ensaios não clínicos em animais da vacina SIlba, desenvolvida pela biotecnológica portuguesa Immunethep, mostram elevada eficácia em infeções letais por SARS-CoV-2, e sem efeitos secundários. A empresa aguarda apoio do Governo.

Nova vacina COVID-19 inalada previne a doença e a transmissão

Equipa de investigadores desenvolveu uma nova vacina contra a COVID-19 com administração por inalação. Experiências feitas em animais não humanos mostraram que é eficaz e que tem a vantagem de prevenir a transmissão do coronavírus.

Terceira dose da vacina da Pfizer seis meses após a segunda...

Pfizer e da BioNTech indicam que uma terceira dose de reforço da vacina contra a COVID-19, administrada 6 meses após a segunda dose, aumenta em 5 a 10 vezes os anticorpos contra as variantes incluindo a variante Delta.

Pacientes COVID-19 internados beneficiam com antagonistas da interleucina-6 e corticosteroides

Uso conjunto de medicamentos antagonistas da interleucina-6, tocilizumabe e sarilumabe, e corticosteroides melhoram os resultados dos pacientes COVID-19 internados, reduzindo o risco de morte e a necessidade de ventilação mecânica.

Coronavírus da COVID-19 infeta e replica-se nas células das glândulas salivares

Estudo realizado na Universidade de São Paulo mostra que os tecidos envolvidos na produção e secreção de saliva podem ser reservatórios para o coronavírus da COVID-19. O vírus pode infetar e replicar-se nas glândulas salivares ampliando o potencial infecioso.

Menor exposição à luz solar aumenta risco de cancro colorretal

Menor exposição aos raios UVB do Sol foi significativamente correlacionada com maiores taxas de cancro colorretal. Investigadores consideram que nas pessoas mais velhas possa ser reduzido o risco de cancro colorretal com a correção das deficiências em vitamina D.

Vacina oral contra a COVID-19 usa bactérias para induzir anticorpos

Equipa de investigadores de vários laboratórios portugueses está a desenvolver uma vacina contra a COVID-19. A vacina utiliza uma bactéria onde é expressa a proteína “Spike” do SARS-CoV-2 para estimular uma resposta imune à COVID-19.

Descobertos medicamentos eficazes na redução da gravidade da apneia do sono

Estudo mostra que dois medicamentos são eficazes na redução da gravidade da apneia do sono em pelo menos até 30%. Uma possível alternativa às atuais terapias como o uso de mascara para dormir e aos protetores bucais.

Vacina universal contra variantes do coronavírus da COVID-19 é viável

Estudo mostra que as vacinas da Moderna e da Pfizer-BioNTech preparam as células T para combater variantes do SARS-CoV-2. Há reatividade cruzada de células T na interrupção de casos graves de COVID-19. O estudo não envolveu a variante delta.

Vítimas de acidentes e com COVID-19 enfrentam maior risco de saúde...

Vítimas de acidentes rodoviários, quedas, lesões violentas por tiros ou esfaqueamentos, e positivas à COVID-19 correm maior perigo de saúde e morte. Pandemia aumentou incidência de ataques cardíacos e reduziu diagnósticos do cancro.

Terapias personalizadas favorecem pacientes de Linfoma de células B

Análise de fatores preditivos de resistência aos medicamentos e terapias personalizadas podem melhorar significativamente o prognóstico e a taxa de sobrevivência dos pacientes com linfoma difuso de grandes células B.

MAIS DESTAQUES

RELACIONADOS