A NÃO PERDER

IBM armazena dados no mais pequeno disco do mundo

IBM conseguiu armazenar um ‘bit’ de dados num único átomo. Atualmente para armazenar um ‘bit’ são necessários 100 mil átomos. O estudo recorreu ao microscópio que permitiu aos cientistas da IBM ganhar o Nobel da Física de 1986.

Células solares podem ser baseadas em moléculas de ferro

Investigadores da Universidade de Lund (UL), na Suécia, verificaram que corantes à base de ferro trabalham a um nível molecular em células solares. Um conhecimento que pode acelerar o desenvolvimento de células solares de baixo custo.

FÍSICA

Investigadores apresentam a primeira prova de que a luz ultravioleta C com comprimento de onda de 222 nm, é segura para usar em humanos, e mata efetivamente o vírus SARS-CoV-2 que causa a COVID-19.
F Facebook TVE
Eficiência das mascaras faciais de tecido na filtragem de coronavírus

Eficiência das mascaras faciais de tecido na filtragem de coronavírus

Como se deve construir uma mascara de tecido e que tecidos usar? Cientistas avaliaram diversas opções e concluíram que as mascaras mais eficientes incluem tecido de algodão com alta contagem de linhas e camadas eletrostáticas, como seda ou poliéster.
Descarga do autoclismo de sanita pode propagar o coronavírus

Descarga do autoclismo de sanita pode propagar o coronavírus

Nuvens de partículas com coronavírus, geradas pela descarga de água numa sanita, propagam no novo coronavírus. Estudo de investigação mostra o risco de contrair um infeção por coronavírus ao usar uma casa de banho pública ou muito frequentada.
Melhores máscaras comunitárias combinam dois tecidos

Melhores máscaras comunitárias combinam dois tecidos

Estudo cientifico aprofundado concluiu que a combinação de um tecido de algodão com chiffon, seda natural ou flanela, filtra as partículas de aerossóis com elevada eficácia, e assim, pode garantir a proteção contra a novo coronavírus causador da COVID-19.
Luz UV não é um tratamento para a COVID-19

Luz UV não é um tratamento para a COVID-19

Luz ultravioleta ou UV não trata a COVID-19 e é considerada perigosa para o corpo humano. A Luz UV é muito eficaz na inativação de vírus, bactérias e outros patógenos humanos, e na desinfeção de equipamento médico, mascaras, ar e água.
Gotículas maiores com conteúdo viral depositam-se perto do ponto de emissão (transmissão de gotículas), enquanto as menores podem percorrer metros ou dezenas de metros a longas distâncias pelo ar em ambientes fechados (transmissão em aerossol).

Coronavírus propaga-se pelo ar e aumenta com sistemas de ventilação

Investigadores indicam que o novo coronavírus se propaga pelo ar, e que as autoridades de saúde devem alertar a população para medidas de prevenção. É pedido que sejam promovidas investigações para estudar o impacto da propagação aérea do vírus.
Escolas podem reduzir consumo de energia e melhorar o ambiente interior

Escolas podem reduzir consumo de energia e melhorar o ambiente interior

Estudo mostra que as Escolas reabilitadas pela Parque Escolar podem reduzir o consumo de energia e melhorar a qualidade ambiental no interior. As mudanças dependem da gestão dos sistemas ambientais com a população escolar, no início do ano escolar.
Novos aerogéis desenvolvidos em Coimbra disponíveis para a indústria

Novos aerogéis desenvolvidos em Coimbra disponíveis para a indústria

Aerogéis que não libertam partículas desenvolvidos por equipa de investigadores da Universidade de Coimbra e da empresa Active Aerogels estão já disponíveis para entrar no mercado, com aplicação na indústria, em especial na aeroespacial e na construção civil.

Porto precisa de mais áreas verdes para combater o calor

Investigadores da Universidade de Aveiro concluíram que o Porto precisa de maiores áreas de jardins e parque verdes para combater ondas de calor e recomendam também o uso de cores claras nos edifícios e nos pavimentos.
Prémio Científico IBM entregue a Marija Vranic investigadora no IST

Prémio Científico IBM entregue a Marija Vranic investigadora no IST

Investigação na área dos feixes laser de alta densidade energética, com potenciais implicações na indústria e em medicina, nomeadamente através de imagens médicas de elevado contraste, permitiu a Marija Vranic ser distinguida com o Prémio Científico IBM.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS

MAIS DESTAQUES

RELACIONADOS