A NÃO PERDER

Reações no interior do núcleo de uma célula viva já podem...

Investigadores da Academia Polaca de Ciências desenvolveram um método de muito alta resolução capaz de seguir reações químicas em volumes extremamente pequenos. O método permite visualizar as reações no interior do núcleo das células vivas.

IBM armazena dados no mais pequeno disco do mundo

IBM conseguiu armazenar um ‘bit’ de dados num único átomo. Atualmente para armazenar um ‘bit’ são necessários 100 mil átomos. O estudo recorreu ao microscópio que permitiu aos cientistas da IBM ganhar o Nobel da Física de 1986.

Células solares podem ser baseadas em moléculas de ferro

Investigadores da Universidade de Lund (UL), na Suécia, verificaram que corantes à base de ferro trabalham a um nível molecular em células solares. Um conhecimento que pode acelerar o desenvolvimento de células solares de baixo custo.

FÍSICA

Consórcio português investe 2,1 milhões de euros na construção de “armazém automático do futuro”. Universidades de Coimbra e do Porto fazem parte do consórcio que envolve mais de 50 investigadores e é liderado pela empresa RARI.
F Facebook TVE
Lâmpadas LED-UV são eficazes na destruição do novo coronavírus

Lâmpadas LED-UV são eficazes na destruição do novo coronavírus

Investigadores descobriram que a luz emitida por lâmpadas LED-UV de 285 nanómetros é eficaz a matar o coronavírus, que causa a COVID-19. Os investigadores sugerem a instalação da tecnologia no ar condicionado e água.
Como diminuir o risco de COVID-19 num automóvel

Como diminuir o risco de COVID-19 num automóvel

Investigação mostra como o fluxo de ar dentro de um carro pode afetar a transmissão da COVID-19. Abrir as janelas diminui o risco de transmissão do novo coronavírus. O motorista pode correr maior risco de ser contaminado do que os passageiros.
Estratégias para reduzir a transmissão da COVID-19 em espaços interiores

Estratégias para reduzir a transmissão da COVID-19 em espaços interiores

Investigadores e engenheiros desenvolvem estratégias que diminuem a propagação de doenças infeciosas em espaços interiores. Orquestras, cantores e veículos de transportes são atividades que aumentam o risco da propagação do vírus.
Gotículas de tosse são projetadas a mais de 6 metros

Gotículas de tosse são projetadas a mais de 6 metros

Gotículas de várias dimensões provocadas pela tosse podem ser transportadas pelo ar a várias distâncias, dependendo das condições ambientais. Investigação mostra que para parar a transmissão da COVID-19 o distanciamento é fundamental.
Bioplásticos não são mais seguros que os plásticos convencionais

Bioplásticos não são mais seguros que os plásticos convencionais

Bioplásticos são tão tóxicos como os plásticos convencionais! Estudo de investigação mostra que podem conter mais de 1.000 produtos químicos diferentes e que as consequências para o meio ambiente e para a saúde das pessoas ainda não são conhecidas.
Falar ou cantar impulsiona os vírus numa direção e distância

Falar ou cantar impulsiona os vírus numa direção e distância

Falar ou cantar projeta gotas de saliva, com possíveis vírus, numa direção e numa distância de acordo com os sons produzidos. Sons de algumas consoantes numa fala podem produzir um fluxo de ar cónico que pode ser projetado até 2 metros em 30 segundos.
Luz ultravioleta com 222 nm mata o coronavírus da COVID-19 e é segura

Luz ultravioleta com 222 nm mata o coronavírus da COVID-19 e é segura

Investigadores apresentam a primeira prova de que a luz ultravioleta C com comprimento de onda de 222 nm, é segura para usar em humanos, e mata efetivamente o vírus SARS-CoV-2 que causa a COVID-19.
Baixa humidade no ar aumenta propagação da COVID-19

Baixa humidade do ar aumenta propagação da COVID-19

Investigação mostra que baixa humidade do ar aumenta o risco de COVID-19. O ar seco torna os aerossóis menores e podem ficar suspensos no ar durante mais tempo aumentado a exposição para outras pessoas. Ar seco justifica maior uso de máscara.
Como o coronavírus da COVID-19 se propaga numa sala de aulas

Como o coronavírus da COVID-19 se propaga numa sala de aulas

Numa sala de aulas a propagação do coronavírus pode diminuir quando professor ou aluno intervenientes se colocam diretamente sob uma abertura de ventilação. Estudo de transmissão de aerossóis pode auxiliar na reabertura das escolas e outros espaços.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS

MAIS DESTAQUES

RELACIONADOS