A NÃO PERDER

Vacina da AstraZeneca contra a COVID-19 com eficácia até 90%

Vacina da AstraZeneca contra a COVID-19 mostra eficácia de 62% a 90% em dois regimes de dosagem diferentes. Os resultados provisórios indicam que não houve hospitalizações ou casos graves de COVID-19 entre os vacinados.

Uso de baricitinib no tratamento da COVID-19 reduz mortalidade

Medicamento baricitinib usado para a artrite reumatoide mostra ser eficaz na redução da mortalidade quando usado em pacientes COVID-19, com a doença em estado moderado ou grave.

Doença de Alzheimer está ligada à flora intestinal

Equipa de cientistas confirma haver uma correlação entre desequilíbrio da microbiota intestinal e a doença de Alzheimer. Certos produtos bacterianos da flora intestinal estão relacionados com a quantidade de placas amiloides no cérebro.

Alerta: COVID-19 pode infetar os testículos e ter implicações na fertilidade

Investigação mostra que homens infetados com o novo coronavírus podem apresentar COVID-19 nos testículos. Dor nos testículos em conjunto com outros sintomas próprios da COVID-19 pode ser um sinal de que a doença atingiu os testículos.

Medicamento para tratar o cancro pode tratar a COVID-19

Os betabloqueadores como o Propranolol podem ser a chave para suprimir a inflamação pela COVID-19. Investigadores descobriram que medicamento usado no tratamento de cancro do pulmão pode tratar a COVID-19.

Mutações do coronavírus tornam-no mais contagioso

Investigação mostra que o coronavírus com a mutação D614G, na proteína spike, entra mais facilmente nas células humanas. Outras mutações do coronavírus permitem evitar os anticorpos neutralizantes que combatem as infeções pelo vírus.

BIOTECNOLOGIA

Entidade reguladora cubana de medicamentos aprova início de ensaios clínicos de Fase I de duas novas vacinas candidatas contra COVID-19. As vacinas são desenvolvidas pela biofarmacêutica cubana BioCubaFarma.
F Facebook TVE
Cacau aumenta oxigenação do cérebro e melhora cognição

Cacau aumenta oxigenação do cérebro e melhora cognição

Consumo de cacau melhora oxigenação do cérebro e aumenta capacidade cognitiva conclui estudo de investigação. Estudo liderado pela investigadora portuguesa Catarina Rendeiro, na Universidade de Birmingham, Reino Unido, mostra os benefícios dos flavonóides de cacau.
Testes rápidos e frequentes podem parar a COVID em semanas

Testes rápidos e frequentes podem parar a COVID em semanas

Investigação mostra que na atual pandemia de COVID-19 o tempo de resposta do teste e a frequência do mesmo são mais importantes que a sensibilidade do teste. Uso massivo de testes rápidos e frequentes pode parar a propagação da COVID em semanas.
Investigação explora ligação entre COVID-19 e inflamação do coração

Investigação explora ligação entre COVID-19 e inflamação do coração

Número significativo de pessoas com casos graves de COVID-19 também apresentam inflamação do músculo do coração. Investigação em curso estuda possibilidade da COVID-19 ser a causa de doenças como a miocardite.
Moderna anuncia que a sua vacina COVID-19 apresenta eficácia de 94,5%

Moderna anuncia que a sua vacina COVID-19 apresenta eficácia de 94,5%

Primeira análise provisória da Fase 3 do estudo da vacina COVID-19 candidata, mRNA, da Moderna, apresenta uma eficácia de 94,5%. A biotecnológica prepara-se para apresentar um pedido Autorização de Uso de Emergência ao regulador Norte-Americano.
Moderna anuncia vacina COVID-19 estável a temperaturas 2 a 8 graus Celcius

Moderna anuncia vacina COVID-19 estável a temperaturas 2 a 8 graus Celcius

Vacina candidata COVID-19 da Moderna permanece estável, até 30 dias, a temperaturas de frigoríficos normais a 2 a 8 graus Celcius. A temperatura de armazenamento e de transporte é de 20 graus negativos para um tempo de validade de 6 meses.
Consumo de ovos aumenta risco de diabetes

Consumo de ovos aumenta risco de diabetes

Estudo de investigação, de longa duração, mostra que o consumo de ovos aumenta o risco de diabetes. O estudo envolveu adultos e mostrou que o efeito é mais pronunciado nas mulheres do que nos homens.
Coabitar com cães e receber bens no domicílio são fatores de risco de COVID-19

Coabitar com cães e receber bens no domicílio são fatores de risco de COVID-19

Estudo de investigação concluiu que a coabitação com cães aumenta o risco de ser infetado com COVID-19. O estudo mostra que a compra de bens em supermercado com entrega ao domicílio aumenta também em muito o risco.
Fluvoxamina pode prevenir fases graves da COVID-19

Fluvoxamina pode prevenir fases graves da COVID-19

Medicamento antidepressivo fluvoxamina usado em doentes COVID-19, com a doença leve e moderada, mostrou, em estudo de investigação, prevenir que os doentes possam necessitar de oxigénio suplementar e de hospitalização.
Eficácia da vitamina C contra a COVID-19 varia entre pacientes

Eficácia da vitamina C contra a COVID-19 varia entre pacientes

Vitamina C é um estimulante e antioxidante do sistema imunológico e pode ser usada em terapias em doenças como a COVID-19, mas estudo de investigação revela que a eficácia pode depender dos níveis de transportadores naturais da vitamina às células.

Siga-nos nas redes sociais

DESTAQUE

MAIS LIDAS

MAIS DESTAQUES

RELACIONADOS