‘A Índia Visual’ no Museu do Oriente

De 25 de janeiro a 29 de novembro, o Museu do Oriente organiza o ciclo de conferências ‘A Índia Visual’, com entrada livre. A iniciativa pretende pensar a cultura visual na Índia e refletir sobre a arte, religião, política, consumo, género, publicidade e media.

0
1
Partilhas
‘A Índia Visual’ no Museu do Oriente
‘A Índia Visual’ no Museu do Oriente. Foto: © DR

O ciclo de conferências ‘A Índia Visual’, que o Museu do Oriente vai organizar durante 2017, inclui também “mesas redondas e mostras de filmes e documentação audiovisual com a presença de investigadores, académicos e outras personalidades ligadas à Índia e às múltiplas dimensões da cultura visual, com o objetivo de questionar a Índia contemporânea”, indica o Museu do Oriente.

Este ciclo de conferências tem como objetivo pensar a cultura visual na Índia como ponto de partida para a reflexão de temáticas como a arte, religião, política, consumo, género, publicidade e media.

Para além “da abordagem teórica e temática”, é feita a “apresentação e análise de objetos pertencentes à Coleção Kwok On, da Fundação Oriente”. Uma apresentação e análise que já foi iniciada no ciclo de conferências ‘A Índia Ritual’ realizada em 2016.

A 25 de janeiro, às 18h30, terá lugar a primeira conferência deste ciclo subordinada ao tema ‘A Índia Não é Hindu: Património Baul, Baul-Fakirs e a Salvaguarda das Canções Baul’. Esta conferência organizada pelo Museu do Oriente, em parceria com o Centro em Rede de Investigação em Antropologia, da Universidade de Lisboa (CRIA – UL) será da responsabilidade de Sandra Marques (CRIA – UL).

‘A Índia Visual’ no Museu do Oriente
‘A Índia Visual’ no Museu do Oriente. Foto: © DR

Museu do Oriente, Avenida Brasília, Doca de Alcântara (Norte), 1350-362 Lisboa

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz