Acesso gratuito à Cultura para jovens de 18 anos

Ministério da Cultura torna programa ÉS.CULTURA’18 permanente. Os jovens de 18 anos passam a ter acesso gratuito a equipamentos e atividades culturais. Para acesso a museus, monumentos, palácios ou teatros basta apresentar o cartão de cidadão.

0
Acesso gratuito à Cultura para jovens de 18 anos
Acesso gratuito à Cultura para jovens de 18 anos. Foto: © Rosa Pinto

O programa ÉS.CULTURA’18, que permite o acesso anual gratuito a equipamentos e atividades culturais para jovens de 18 anos, vai passar a ser permanente a partir de maio. O ÉS.CULTURA’18 foi uma das medidas vencedoras do Orçamento Participativo Portugal de 2017 e está em vigor desde abril de 2018.

O ÉS.CULTURA’18 que tinha uma duração inicialmente prevista de 12 meses, mas agora, face à elevada adesão, o Ministério da Cultura decidiu tornar a medida permanente.

Além dos organismos tutelados pelo Ministério da Cultura, o programa tem também a adesão de 64 municípios e 11 entidades privadas. Os jovens de 18 anos passam a ter acesso gratuito a museus, monumentos, palácios ou teatros, numa oferta total que ultrapassa os 350 equipamentos.

Ângela Ferreira, Secretária de Estado da Cultura, sublinhou que, “ao tornar-se numa medida de carácter permanente, o ÉS.CULTURA’18 contribui para a formação e atração de novos públicos, fomentando hábitos culturais e promovendo maior proximidade dos jovens à Cultura”.

O Ministério da Cultura lembrou que o ÉS.CULTURA’18 é uma das três medidas do projeto “Cultura para Todos” que, em 2017, venceu o Orçamento Participativo Portugal na área da Cultura, e que os jovens para aceder gratuitamente aos equipamentos basta apresentar o cartão do cidadão.

O projeto “Cultura para Todos” foi proposto por João Gonçalo Pereira e Tiago Veloso, e inclui ainda o LIVRAR (livrar.pt) – plataforma lançada a 13 de dezembro de 2018 que permite a disponibilizar gratuitamente livros entre utilizadores registados, ou seja, uma medida de acesso à leitura a todos os cidadãos, que é já concretizada e mantida pela Biblioteca Nacional de Portugal através do Repositório Nacional de Objetos em Formatos Alternativos.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!