Administradores hospitalares querem mais autonomia

Administradores hospitalares consideram que o financiamento dos hospitais passa por uma maior autonomia e responsabilidade da gestão dos hospitais, modelos mistos de financiamento e melhores condições de trabalho dos profissionais de saúde.

0
Administração Hospitalar
Administração Hospitalar. Foto: DR

A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares defendeu hoje num workshop no âmbito da iniciativa ‘3F – Financiamento, Fórmula para o Futuro’, que uma maior autonomia para os hospitais e confiança entre todos os atores do sistema são pontos críticos para melhorar o financiamento.

A iniciativa que envolve Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, e que tem o apoio da Roche e da IQVIA, tem como objetivo desenvolver soluções capazes de dar resposta aos problemas operacionais que afetam o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O primeiro dos quatro workshops programados, que reuniu peritos das mais variadas áreas da saúde, concluiu que a questão do financiamento passa por:

As unidades de saúde devem ter um orçamento real adaptado às necessidades e que sejam evitadas as compensações extraordinárias;

Maior autonomia e responsabilização na gestão dos recursos;

A utilização de modelos mistos de financiamento que valorizem os bons resultados em saúde para os doentes e que sejam pagos os cuidados de saúde prestados;

Melhores condições de trabalho e maior motivação para os profissionais de saúde de forma a melhorar a qualidade e desempenho no SNS.

De uma forma geral e conclusiva, os administradores hospitalares e demais especialistas de saúde, consideram que para garantir o bom funcionamento é necessário reforçar a confiança entre todos os atores do Serviço Nacional de Saúde.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!