Aplicação informática prevê afluência turística a locais

Aplicação informática da empresa Indra prevê fluxos de turistas, permitindo adaptar a gestão dos serviços nas cidades. A Smart Destination Manager permite que as câmaras municipais, serviços públicos e privados, possam dar resposta às variações de afluência de turistas.

0
Aplicação informática prevê afluência turística a locais
Aplicação informática prevê afluência turística a locais. Foto: DR

A Indra, empresa global de tecnologia e consultoria, desenvolveu uma solução informática que permite às Câmaras Municipais gerir e trabalhar, de forma centralizada e em tempo real, os diferentes serviços das cidades e territórios inteligentes com o objetivo de se antecipar ao impacto que estas sofrem com o incremento populacional provocado pelo turismo.

A solução Smart Destination Manager (SDM) proporciona dados específicos às câmaras municipais para que possam adaptar serviços, tais como a gestão de resíduos, segurança ou transportes públicos. Os dados são recolhidos através da integração com a City Landscape Manager, a plataforma de gestão inteligente para cidades desenvolvida pela mesma empresa.

Uma solução da Indra já está operacional na cidade de Logronho. A solução incorpora serviços, como a gestão inteligente do património histórico ou a promoção do destino turístico através da interação digital com os visitantes para detetar padrões de comportamento e gasto médio para adaptar a oferta.

“É uma solução integral de turismo inteligente que proporciona uma melhoria notável da gestão dos serviços da cidade e da experiência dos turistas. Por um lado, permite prever a afluência turística para adaptar rapidamente os serviços, tanto públicos como privados, respondendo desta forma a um dos principais desafios do sector, que é a sazonalidade. Por outro lado, facilita a criação de ofertas personalizadas”, referiu Alberto Bernal, diretor global de Smart Cities da Indra.

O responsável pela empresa acrescentou: “A combinação destas capacidades repercute de forma muito positiva no posicionamento das cidades como destinos turísticos assim como no emprego e economia locais.”

A Smart Destination Manager tem capacidades analíticas e de simulação, que permitem fazer previsões sobre o que vai acontecer a partir da reprodução de procedimentos de atuação utilizados em situações ou eventos semelhantes que aconteceram no passado e que ficaram registados no sistema.

A “SDM permite criar serviços públicos cada vez mais adaptados às necessidades dos turistas”, referiu Alberto Bernal, e explicou: “Por exemplo, na organização de um concerto, é possível verificar a localização e o número de dispositivos de segurança utilizados numa ocasião anterior e simular as alterações para evitar as aglomerações que se verificaram no passado”.

Outro benefício importante é a adaptação dos serviços de recolha seletiva de resíduos ao aumento da população por causa, por exemplo, de festas locais ou em função da afluência às praias. A ferramenta cruza dados do número de contentores, frequência e rotas com os de outros serviços, tais como, eventos, situações de emergência ou fenómenos meteorológicos, para prever os recursos necessários.

A SDM também presta suporte aos gestores municipais locais para desenhar planos de eficiência que lhes permitam antecipar-se ao aumento do consumo de serviços, como a água ou energia, e reduzir o seu impacto na fatura energética de iluminação e edifícios públicos.

Os turistas, uma fonte de informação valiosa

A solução da Indra permite, ainda, obter a perceção do turista, como se fosse mais um sensor, categorizando as suas opiniões em diferentes canais como redes sociais, sites ou CRM através de capacidades analíticas e tecnologias IoT e Machine Learning, que vão servir como base para melhorar os serviços e a sua experiência no destino.

A solução põe à disposição do turista um site que lhe permite ter à mão e com antecedência suficiente toda a informação prática da cidade (agenda cultural, meteorologia, meio-ambiente, tráfego, etc.). Inclui, ainda, ofertas e promoções assim como uma ferramenta de comunicação bidirecional com a administração local.

Os turistas podem, por exemplo, receber diretamente no seu telemóvel informação sobre espetáculos ou restaurantes em função das suas preferências. Isto é possível graças à integração e processamento de dados procedentes das experiências prévias de outros visitantes e das interações do próprio turista, que permite criar recomendações em função de uma interpretação do “contexto”. Isto é uma opção muito interessante para promover locais turísticos pouco conhecidos em função dos gostos dos visitantes e assim descongestionar os monumentos mais conhecidos.

A utilização de app’s móveis ligadas à solução também proporciona informação sobre os melhores percursos e alternativas de transportes públicos para ir a um evento ou visitar um monumento, assim como dados da afluência a lugares de interesse no intuito de ajudar o turista a escolher o melhor horário. Outro serviço é a realidade aumentada, que oferece, por exemplo, informação histórica sobre o lugar que se está a visitar ou permite ver o aspeto dos pratos do restaurante mais próximo.

Por último, a solução facilita o desenho de planos de manutenção mais ajustados do património histórico graças a sistemas baseados em redes de sensores que permitem o controlo em tempo real da segurança, a eficiência energética ou a gestão das instalações.

A Indra, com mais de dez anos de experiência no desenvolvimento de projetos, dispõe de soluções para dar resposta às necessidades e desafios do sector turístico, desde o ponto de vista da gestão do destino como do sector empresarial. Entre as referências de gestão inteligente de destinos turísticos estão as plataformas tecnológicas do Caminho de Santiago, Rias Baixas em Pontevedra ou as das próprias províncias de Pontevedra e Toledo. Por outro lado, a Indra converteu-se numa empresa de referência no âmbito global para a transformação tecnológica da indústria hoteleira, após a implementação dos seus sistemas em mais de 1.000 hotéis de 39 países e ter gerido mais de 20 milhões de reservas com a Suite TMS.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!