Aprender a procurar um assassino em ‘The Face of Evil’

Para um investigador todos os pormenores contam na resolução de um crime, como elementos de bala, vidros, restos de sangue, de ADN ou perfis psicológicos. Agora podemos seguir os especialistas na procura do culpado.

0
Aprender a procurar um assassino em ‘The Face of Evil’
Aprender a procurar um assassino em ‘The Face of Evil’. Foto: DR

Numa investigação de homicídio, os detetives têm de reunir o máximo possível de pistas, como invólucros de balas, pedaços de vidros e ADN, bem como evidências menos tangíveis, como os motivos e o perfil psicológico do assassino.

The Face of Evil’, que estreia a 25 de Junho às 22 horas, no ID – Investigation Discovery, analisa as técnicas e os especialistas que ajudam a resolver crimes, desde médicos legistas, especialistas em balística e psicólogos forenses, até artistas e botânicos.

Todos os detalhes contam na hora de resolver um caso e estes especialistas podem fazer toda a diferença na hora de pôr o culpado perante a justiça.

No primeiro episódio de ‘The Face of Evil’, vamos poder acompanhar um caso que deixou em choque uma localidade no Alasca. Sonya Ivanoff é encontrada morta a tiro, perto da casa onde vivia, mas graças à desenvolvida ciência forense, os investigadores conseguem apanhar o culpado.

Vamos também conhecer um caso que ocorreu há quase 40 anos, quando um assassino em série rondava as ruas de Los Angeles. Agora, com recurso às mais avançadas tecnologias, é possível encontrar o homem e colocar um ponto final neste terrível mistério.

‘The Face of Evil’ estreia a 25 de junho às 22 horas, no ID – Investigation Discovery, um canal exclusivo NOS.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!