Atividade Física e Desporto em congresso ibérico, em Beja

Congresso Ibérico de Atividade Física e Desporto reúne no Instituto Politécnico de Beja, a 26 de maio, especialistas na abordagem de temas como o treino de força na terceira idade, treino corretivo na prevenção de lesões ou treino intervalado de alta intensidade.

0
Prova desportiva
Prova desportiva. Foto: DR

O Congresso Ibérico de Atividade Física e Desporto, que já vai na 7ª edição, realiza-se no dia 26 de maio, no Instituto Politécnico de Beja. O congresso que reúne especialistas em formação nas diversas atividades físicas e desportivas é uma iniciativa e organização do Centro de Formação da Clínica das Conchas e do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja).

Vânia Loureiro, docente no IPBeja, que inclui a Comissão Organizadora do Congresso, explicou que o congresso aborda um conjunto de temáticas de relevo desde o treino de força na terceira idade, ao treino corretivo na prevenção de lesões ou Treino Intervalado de Alta Intensidade (HIIT, sigla em inglês). Para abordar as questões estão especialistas em formação que aliam um vasto conhecimento teórico à prática num contexto de formação.

Treino funcional na prevenção de lesões

Para Rodrigo Ruivo, Doutorado em Motricidade Humana e Coordenador do Centro de Exercício da Clínica das Conchas, que vai tratar no congresso o tema ’treino funcional na prevenção de lesões’, primeiro, interessa uniformizar o corpo de conhecimento relativamente à definição de treino funcional.

Muitas vezes é associado o treino funcional “com exercícios realizados de modo acrobático e quase circense e a convicção de que esta é a melhor forma de treinar determinado grupo muscular ou condição física. No entanto, um exercício funcional é um exercício que prepara a estrutura para uma determinada função. Poderá ser um exercício analítico ou poliarticular que permitirá um transfer positivo para uma tarefa quotidiana ou desportiva do sujeito que a prática”, esclareceu Rodrigo Ruivo.

Para os profissionais de exercício físico, o objetivo é “melhorar a funcionalidade das pessoas, otimizar o modo como se movimentam e procurar a prevenção de lesões através do respeito pelos princípios do treino (progressividade, individualidade, etc) e dos rácios de força funcionais ideais. Naturalmente a otimização da performance e a obtenção dos resultados pretendidos com o treino serão uma consequência natural.”

Treino físico na terceira idade

Nas pessoas da terceira idade o treino apresenta efeitos benéficos já largamente confirmados na melhoria de funcionalidade, em força, massa muscular e consequentemente de qualidade de vida, pelo que, “para além do papel de prevenção de lesões conseguimos também dar vida aos anos! Aliás, o Exercício para a Saúde e o conceito de Medicina do Exercício são a força motriz” de práticas usadas como é o caso “na Clínica das Conchas.”

Atividade Física e Desporto em congresso ibérico, em Beja
Atividade Física e Desporto em congresso ibérico, em Beja.
Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!