Biblioteca Pública de Braga abre portas ao público e presença no digital

Leitura domiciliária através do serviço de empréstimo, novo portal de acesso pela web e biblioteca digital, são iniciativas da Biblioteca Pública de Braga quando se assinalam os 180 anos de existência. 13 de julho é o dia para conhecer a BPB por dentro.

0
Biblioteca Pública de Braga abre portas ao público e presença no digital
Biblioteca Pública de Braga abre portas ao público e presença no digital. Foto: DR

Aos 180 anos de existência a Biblioteca Pública de Braga (BPB), que se assinalam a 13 de julho de 2021, é lançado um portal de acesso pela web que disponibiliza um conjunto alargado de serviços e a conteúdos em permanente atualização.

No dia de aniversário, o público vai poder visitar alguns dos espaços do edifício histórico da BPB, onde está acondicionado um espólio de mais de 500.000 documentos, onde se destaca a coleção de 53 incunábulos (das origens da imprensa) e, pelo menos, 400 volumes do século XVI. As inscrições para visita são feitas através do email bpb@bpb.uminho.pt.

“Com o novo portal pretendemos marcar uma relação cada vez mais próxima com os cidadãos”, explicou Maria João Amante, diretora da BPB, e acrescentou: “Queremos interagir com a comunidade através de atividades regulares e de novos serviços, de que são exemplo a conversão do catálogo manual num único catálogo disponível online, que poderá ser pesquisado sem restrições geográficas e de horário. Somos uma biblioteca que conjuga a sua vertente patrimonial com os desafios sociais e digitais do século XXI”.

A BPB, que é uma unidade cultural da Universidade do Minho, é centrada nos utilizadores, e no dia de aniversário os leitores poderão usufruir do jardim interno para consultar fundos bibliográficos selecionados ou para momentos de leitura descontraída. A coleção da BPB, que inclui também algumas das mais recentes obras publicadas no país, passa a estar disponível para leitura domiciliária através do serviço de empréstimo.

Dos conteúdos a que é possível aceder a partir do portal www.bpb.uminho.pt, destaca-se a biblioteca digital da BPB, em desenvolvimento com a colaboração da Casa de Sarmento. Está disponível online uma hemeroteca que agrega títulos de jornais da imprensa regional e os incunábulos. Um trabalho que foi desenvolvido com o duplo objetivo de facilitar o acesso a documentos valiosos e em muitos casos raros, garantindo, por um lado, a sua preservação e, por outro, potenciando a sua consulta e fruição sempre com o objetivo de facilitar o acesso ao conhecimento.

A Biblioteca Pública de Braga instalada desde 1934, na ala barroca do complexo do Largo do Paço, na Praça do Município, e integrada, em 1975, na Universidade do Minho, foi criada pela rainha D. Maria II em 1841, para salvaguardar as livrarias dos extintos conventos e mosteiros da região, como Falperra, Tibães e Congregados, no qual ficou inicialmente instalada. O seu acervo foi enriquecido com o depósito legal, recebendo desde 1931 um exemplar das publicações que são editadas em Portugal. Em paralelo, foi acolhendo coleções de personalidades e instituições locais, como Manuel Monteiro, Carrington da Costa, Victor de Sá, Manuel de Oliveira e o Instituto Minhoto de Estudos Regionais, entre outros.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!