Cardeal cabo-verdiano preside a peregrinação a Fátima dia 12 e 13 de agosto

Peregrinação de 12 e 13 de agosto a Fátima é presidida pelo Cardeal D. Arlindo Gomes Furtado, de Cabo Verde. A Peregrinação Aniversária assinala a quarta Aparição da Virgem aos Pastorinhos.

0
Cardeal cabo-verdiano preside a peregrinação a Fátima dia 12 e 13 de agosto
Cardeal cabo-verdiano preside a peregrinação a Fátima dia 12 e 13 de agosto. Foto: Rosa Pinto

A Peregrinação Internacional Aniversária de 12 e 13 de agosto a Fátima é presidida pelo cardeal D. Arlindo Gomes Furtado, bispo de Santiago de Cabo Verde. Uma peregrinação que incluiu também a Peregrinação do Migrante e do Refugiado.

As cerimónias em Fátima assinalam a quarta Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, e marcam também o arranque da Semana Nacional das Migrações, que congrega, na Cova da Iria, migrantes de várias partes do mundo.

As cerimónias da peregrinação têm início às 18h30 do dia 12 de agosto com a saudação a Nossa Senhora, na Capelinha das Aparições, às 21h30, há a recitação do Rosário, seguida da Procissão das Velas, às 22h15. A Missa da Vigília decorre às 22h30, no Recinto de Oração.

No dia 13 as cerimónias começam com a recitação do Rosário, na Capelinha das Aparições, às 9h00, e às 10h00 realiza-se a Missa da Peregrinação Internacional Aniversária. A missa é possível ser acompanhada pela televisão através da RTP1, Ângelus TV e TV Canção Nova, e ainda em transmissão online em www.fatima.pt.

Um dos pontos altos da Missa é a tradicional oferta do trigo, pelos peregrinos, no momento da apresentação dos dons. Um gesto que se realiza desde 13 de agosto de 1940, quando um grupo de jovens da Juventude Agrária Católica, de 17 paróquias da diocese de Leiria, ofereceu 30 alqueires de trigo, destinados ao fabrico de hóstias para consumo no Santuário de Fátima. A partir desse ano, os peregrinos, não só de Leiria mas também de outras dioceses do país, e até do estrangeiro, têm dado continuidade a esta já tradicional oferenda.

Os serviços do Santuário de Fátima indicam que até dia 2 de agosto, estavam inscritos cerca de 1.200 peregrinos, organizados em 16 grupos, provenientes de Portugal, Espanha, Itália, França, Polónia, Alemanha, Irlanda, Bélgica, Áustria, Iraque e Guiné-Conacri.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!