CCDR-N promove Prémios ‘O Norte Somos Nós’

Vinte e um projetos de sete categorias apoiados pelo programa ‘ON.2 – O Novo Norte’ são finalistas a reconhecimento público. Cabe agora ao público selecionar o melhor projeto em cada categoria. A votação online decorre até 24 de novembro.

0
20
Partilhas
Prémios ‘O Norte Somos Nós’
Prémios ‘O Norte Somos Nós’

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), enquanto Autoridade de Gestão do NORTE 2020, promove os Prémios ‘O Norte Somos Nós’, uma iniciativa para reconhecer publicamente projetos inovadores, que tenham sido apoiados pelo programa ‘ON.2 – O Novo Norte’, que é inserido no QREN.

De uma base de mais de 6 mil projetos com grande mérito regional, a CCDR-N identificou 21 finalistas em 7 categorias, ou seja, três projetos por categoria, que cobrem os temas prioritários do anterior ciclo comunitário.

As empresas, grupos de investigação e instituições públicas são reconhecidas pelos investimentos que fizeram nas áreas da Competitividade, Inovação, Investigação, Inclusão, Qualificação, Sustentabilidade e Património.

O projeto vencedor por categoria é eleito pelo público, para isso qualquer pessoa pode manifestar a sua opção votando em http://onortesomosnos.jn.pt/ através da seleção da categoria e do projeto a ser premiado.

Os projetos vencedores serão conhecidos na Gala da Entrega dos Prémios ‘O Norte Somos Nós’, a realizar a 30 de novembro, no Museu do Carro Elétrico, no Porto.

Os projetos finalistas são de acordo com sete categorias.

Na categoria de investigação e desenvolvimento tecnológico, internacionalização e de construção ou ampliação de infraestruturas.

  • Universal Museum Guide, promovido pela CARD4B – SYSTEMS, SA, que consta de um guia em smartphone ou tablet que tem uma configuração autónoma para museus, coleções ou exposições.
  • Expansão da Quinta do Vallado promovido pela Quinta do Vallado – Sociedade Agrícola Lda. Para além das vinhas e do vinho a atividade é estendida à hotelaria e a visitas a turistas.
  • Internacionalização da Lambda promovido pela Lambda & Omega, Lda. Calçado para um nicho de mercado como é o golf.

Na categoria de empresas em consórcio com entidades do Sistema de I&I.

  • MUSA – Teste de diagnóstico, promovido por Genetest – Prestação de Serviços de Testes de Diagnóstico Genético, S.A. Introdução do conceito de biópsia líquida (sangue periférico) na rotina clínica em alternativa à biópsia do pulmão.
  • Gestão e Otimização de Processos Ambientais, promovido por A2O – Água, Ambiente e Organização, Lda. Sistema de gestão diária de todo o ciclo da água, abrangendo a utilização humana e os ecossistemas onde naturalmente existe.
  • Inovação na produção de rolhas de cortiça, promotor Azevedos Indústria – Máquinas e Equipamentos Industriais, S.A. Processo de produção de rolhas de cortiça naturais e rolhas aglomeradas, permitindo reduzir os defeitos que deixam no vinho.

Na categoria de grupos de investigação de entidades do sistema científico e tecnológico.

  • CIMO – Centro de Investigação da Montanha, promovido pelo Instituto Politécnico de Bragança. Laboratórios com equipamento que dá resposta às mais diversas áreas científicas como biologia molecular, bromatologia e reologia, microbiologia, química analítica ou solos e fertilidade.
  • Associação Fraunhofer Portugal Research Infraestrutura e equipamentos, promovido pela Associação Fraunhofer Portugal. Um centro de cientistas e engenheiros que trabalham em soluções tecnológicas intuitivas e úteis, que melhoram a qualidade de vida das pessoas.
  • Programa Integrado RES2INN – ‘From Research to Innovation’, promovido pelo INEGI – Instituto de Engenharia Mecânica e Gestão Industrial. Materiais e baixo consumo de energia é a base do projeto.

Na categoria de unidades de cuidados continuados e creches.

  • KasteloUnidade de Cuidados Continuados e Paliativos Pediátrica, promovido pela Associação Nomeiodonada. Onde se faz magia com crianças que sobrevivem a doenças graves e dá-se conforto e felicidade a famílias com crianças que estão em fase terminal.
  • Creche da Zona Industrial de Padreiro, promovido pelo Município de Arcos de Valdevez. Creche com capacidade para 60 crianças até aos 3 anos gerida pela Santa Casa da Misericórdia dos Arcos de Valdevez destina-se aos filhos dos cerca de 600 trabalhadores das empresas instaladas na Zona Industrial do Padreiro.
  • Unidade de Cuidados Continuados de Boticas, promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Boticas. Dirigido a idosos que passaram a ficar mais próximos dos seus locais de origem e das suas famílias.

Na categoria da economia digital e sociedade do conhecimento e da requalificação da rede de equipamentos da educação pré-escolar e do ensino básico.

  • Centro Escolar de Santa Marinha do Zêzere promovido pelo Município de Baião. Um novo centro escolar com capacidade para 240 alunos do primeiro ciclo do ensino básico.
  • Digital Games Lab, promovido pelo IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. Digital Games Lab onde a aposta é numa abordagem multidisciplinar.
  • Operação Escola em Rede, promovido pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência. Acesso à Internet e a instalação de redes de área local em 323 escolas públicas do 2º e 3º ciclos e do secundário, envolvendo mais de 219 mil alunos.

Na categoria de turismo sustentável, e de proteção/celebração da biodiversidade.

  • FUTURO – Projeto das 100.000 árvores na AMP, promovido pela Universidade Católica Portuguesa. Reflorestação de cerca de 100 hectares de áreas ardidas.
  • BIOLANDSCAPE – Alto Minho, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho. Rede de ecovias e ecopistas e estruturas de apoio à visitação.
  • Galeria da Biodiversidade, promovido pela Universidade do Porto. Novo museu em que ganha a biodiversidade.

Na categoria património cultural da Região do Norte.

  • Teatro do Bolhão, promovido pela Academia Contemporânea do Espetáculo. Recuperação de um imóvel classificado.
  • Museu Internacional de Escultura Contemporânea, promovido pelo Município de Santo Tirso. Museu de escultura ao ar livre.
  • Museu Nogueira da Silva, promovido pela Universidade do Minho. Museu com um acervo de porcelanas, ourivesaria e marfins abre-se também a concertos de música lírica e clássica e a workshops e cursos de artes plásticas.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz