Centro de Vacinação COVID-19 de Bragança já está preparado e aguarda vacinas

Pavilhão Municipal Arnaldo Pereira, em Bragança, já está preparado para ser o Centro de Vacinação COVID-19. Uma infraestrutura que envolveu um investimento da Câmara de mais de 48 mil euros e pode receber, por dia, 600 a 800 pessoas para vacinação.

0
Centro de Vacinação COVID-19 de Bragança já está preparado e aguarda vacinas
Centro de Vacinação COVID-19 de Bragança já está preparado e aguarda vacinas. Foto: DR

A Câmara Municipal de Bragança já instalou o Centro de Vacinação COVID-19 no Pavilhão Municipal Arnaldo Pereira. O Centro está pronto a receber os primeiros utentes para vacinação, a serem chamados conforme as prioridades definidas pelas entidades de saúde.

O Centro está capacitado para acolher, diariamente, entre 600 a 800 pessoas para vacinação. O número estará sempre dependente da disponibilidade de vacinas pela Task Force para a vacinação COVID-19.

“Trata-se de mais um investimento que o Município faz no combate à pandemia, no âmbito do Serviço Municipal de Proteção Civil, que procura não só garantir uma vacinação segura para os cidadãos, mas também as melhores condições de trabalho para os profissionais de saúde”, refere Hernâni Dias, Presidente da Câmara Municipal de Bragança, citado em comunicado.

Hernâni Dias sublinhou que “estas instalações dão garantias das melhores condições de segurança, acessibilidade e conforto para todos”.

O Centro de Vacinação COVID-19 de Bragança, num investimento do Município de 48.154,50 euros, estabeleceu um plano para garantir as melhores condições de segurança e bem-estar dos utentes e dos profissionais de saúde a operar no pavilhão. Um plano que inclui um circuito devidamente sinalizado e diversas áreas:

1.Sala de Receção/Admissão, para encaminhamento dos utentes, à entrada do Pavilhão;

2.Sala de Espera (pré-vacinação), onde existe um local para aguardarem a sua vez, com condições para acolher, igualmente, pessoas com mobilidade reduzida;

3.Quatro Salas Individuais de Vacinação, com todas as condições necessárias ao ato de vacinação e garantia de privacidade;

4.Sala de Vigilância (pós-vacinação), onde os utentes já vacinados serão acompanhados pelos profissionais de saúde pelo período de 30 minutos. Este espaço tem um acesso rápido a uma enfermaria, caso seja necessário algum cuidado de emergência, e ao exterior;

5.Instalações Sanitárias, com acesso a partir das salas de espera e de vigilância.

As infraestruturas do Centro contemplam, também, áreas técnicas para os profissionais de saúde, como uma sala para preparação de vacinas, com todo o equipamento necessário para o efeito, uma enfermaria de emergência, para prestação de cuidados de saúde, balneários e zonas de descanso.

Antes de iniciar funções, o Centro de Vacinação COVID-19 de Bragança recebeu uma inspeção técnica, por parte das entidades competentes, que autorizaram e verificaram o cumprimento de todas as normas impostas pela Direção-Geral de Saúde para o efeito.

O Município de Bragança, em articulação com as Juntas e Uniões das Freguesias do concelho e a Unidade Local de Saúde do Nordeste, está já a assegurar o transporte dos utentes do meio rural elegíveis para esta fase de vacinação, onde já despendeu 12 mil euros.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!