CML cede edifício para Sede da Delegação na Europa do G7+

Sede da Delegação na Europa do G7+ vai ficar instalada na Avenida 24 de Julho, em Lisboa. Fernando Medina e Xanana Gusmão assinaram o protocolo de cedência do edifício pela Câmara Municipal de Lisboa ao G7+.

0
1
Partilhas
Sede da Delegação na Europa do G7+, em Lisboa
Sede da Delegação na Europa do G7+, em Lisboa, Foto: Rosa Pinto

Foi hoje assinado por Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, e por Xanana Gusmão, representante do Estado de Timor-Leste, um protocolo de cedência do edifício onde vai ser instalada a sede da Delegação na Europa do G7+.

A cedência pela Câmara Municipal de Lisboa (CML) do edifício, que foi já sede da UCCLA, e está localizado na Avenida 24 de Julho, é feita no âmbito de um Memorando de Entendimento entre a CML e a Organização Intergovernamental G7+.

O G7+ é um grupo voluntário de países que estão ou já foram afetados por conflitos e se encontram num processo de transição para uma nova etapa de desenvolvimento.

O G7+ é composto atualmente por 20 países: Afeganistão, Burundi, Chade, Comores, Costa do Marfim, Guiné, Guiné-Bissau, Haiti, Iémen, Ilhas Salomão, Libéria, Papua Nova Guiné, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Serra Leoa, Somália, Sudão do Sul, Timor-Leste e Togo.

O objetivo principal da Organização Intergovernamental G7+ é a partilha de experiências e de aprendizagem de uns com os outros, bem como de um apelo conjunto à comunidade internacional para reformar a maneira como se envolve nos estados atingidos por um conflito.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz