Concerto na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos

Solistas da Orquestra Barroca Casa da Música do Porto com concerto na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos, dia 1 de junho, às 21h30. O recital está integrado nas Festas do Senhor de Matosinhos.

0
Concerto na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos
Concerto na Igreja do Bom Jesus de Matosinhos. Foto: DR

A Igreja do Bom Jesus de Matosinhos acolhe, no dia 1 de junho, às 21h30, um quinteto de sopros constituído por solistas da Orquestra Barroca Casa da Música do Porto. O concerto integrado no programa das Festas do Senhor de Matosinhos inclui peças de Antonio Salieri, Franz Xaver Dussek, Carl Ditters von Dittersdorf, Georg Druschetzky e Vincenc Václav Mašek.

Dois oboés clássicos, duas trompas naturais e um fagote clássico é a formação para o recital, com entrada gratuita, que promete uma noite musical única. Pedro Castro e Andreia Carvalho (oboé clássico de duas chaves), Hugo Carneiro e Jaime Resende (trompa natural) e José Gomes (fagote clássico) vão interpretar três partitas, uma picciola serenata e um noturno, “sons criados por compositores da europa central na segunda metade do século XVIII e nas primeiras décadas do século XIX”.

A primeira parte do concerto será preenchida pela “Picciola Serenata em Si bemol maior” que o italiano Antonio Salieri compôs em 1778, pela “Parthia em Fá maior”, de Franz Xaver Dussek, e pela “Partita em Fá maior”, de Carl Ditters von Dittersdorf. Da segunda parte faz parte a “Partita em Si bemol maior”, do compositor e oboísta checoslovaco Georg Druschetzky, e o “Notturno em Fá maior”, de Vincenc Václav Mašek.

Música em Matosinhos tem continuidade a 15 de junho, com o concerto de Luís Pipa integrado no ciclo de piano iniciado em maio e que reúne nomes como os de Mário Laginha, Fausto Neves, Pedro Burmester, Marta Meneses ou Vasco Dantas.

Música em Matosinhos é programa de música erudita da Câmara Municipal de Matosinhos decorre há mais de uma década e volta a incluir este ano, entre outros, um conjunto de recitais, também gratuitos, do Quarteto de Cordas de Matosinhos nas igrejas do concelho. O objetivo é descentralizar e democratizar o acesso e a fruição da música clássica.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!