Conselho Europeu aprova 330 mil milhões de euros para a política de coesão

Projetos regionais e locais vão dispor de 330 mil milhões de euros da União Europeia de 2021 a 2027. Os fundos estruturais de política de coesão foram aprovados pelo Conselho Europeu para ajudar a reduzir as disparidades económicas e impulsionar a recuperação.

0
Conselho Europeu aprova 330 mil milhões de euros para a política de coesão
Conselho Europeu aprova 330 mil milhões de euros para a política de coesão. Foto: © Rosa Pinto

A União Europeia disponibiliza, através dos fundos estruturais, mais de 330 mil milhões de euros para a execução de projetos regionais e locais de 2021 a 2027. Uma verba que tem como objetivo ajudar a reduzir as disparidades económicas e impulsionar a recuperação devido à atual pandemia de COVID-19.

Os textos jurídicos que regem os fundos foram aprovados pelo Conselho Europeu através dos embaixadores dos Estados-Membros junto da União Europeia. Estes fundos são cerca de um terço do orçamento da União Europeia para sete anos. Esta aprovação vem confirmar o acordo político alcançado com o Parlamento Europeu.

Nelson de Souza, ministro do Planeamento de Portugal, referiu: “A política de coesão está no cerne da solidariedade europeia, uma vez que as pessoas sentem o impacto que tem no seu quotidiano. As regiões, os trabalhadores e as empresas beneficiam dessa política. O pacote legislativo para o novo período de programação apoiará a recuperação da União Europeia e a dupla transição ecológica e digital.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!