Conselho Europeu aprova plano de ajuda ao desenvolvimento de países terceiros

Assistência Oficial ao Desenvolvimento (AOD) da UE a países terceiros atingiu os 75,2 mil milhões de euros, em 2019. O Conselho Europeu pretende que o valor cresça para atingir 0,7% da RNB da UE até 2030. O Conselho aprovou o plano de ajuda para 2020.

0
Conselho Europeu aprova plano de ajuda ao desenvolvimento de países terceiros
Conselho Europeu aprova plano de ajuda ao desenvolvimento de países terceiros. Foto: © Rosa Pinto

O Conselho Europeu adotou os objetivos da União Europeia (UE) em matéria de ajuda ao desenvolvimento para 2020. A assistência da UE ao desenvolvimento continua a desempenhar um papel crucial no financiamento geral de ajuda aos países parceiros para alcançarem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Em 2019, a Assistência Oficial ao Desenvolvimento (AOD) da UE ascendeu a 75,2 mil milhões de euros, e em 2018 foi de 74,9 mil milhões de euros. Valores que permitiram que a UE e os seus Estados-Membros tivessem mantido a posição de maior contribuinte global de Assistência Oficial ao Desenvolvimento, com 55,2% do total do apoio.

A Assistência Oficial ao Desenvolvimento coletiva da UE representou 0,46% do PIB da UE, mas o Conselho confirma que são necessários mais esforços para cumprir metas conjuntas e individuais para fornecer coletivamente 0,7% do RNB em AOD até 2030, especialmente à luz da crise multifacetada que a pandemia do COVID-19 desencadeou.

O Conselho anota os desafios específicos que os países em desenvolvimento enfrentam em África e enfatiza a importância de direcionar a AOD para o continente, respeitando plenamente as prioridades de cada país membro na assistência ao desenvolvimento.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!