COVID-19: A corrida ao ar livre é segura?

Correr promove uma melhor saúde cardiovascular e pulmonar e benefícios fisiológicos que são úteis no combate às doenças respiratórias agudas, como a COVID-19. Correr exige manter o distanciamento social e se houver outras pessoas o uso de mascara é necessário.

0
COVID-19: A corrida ao ar livre é segura?
COVID-19: A corrida ao ar livre é segura? Foto: © Rosa Pinto/arquivo

Mesmo nesses tempos difíceis que exigem mais tempo em ambientes fechados e no meio de uma pandemia de COVID-19, é importante fazer exercício físico regularmente.

Permanecer ativo, e principalmente andar e correr pode beneficiar a saúde física, mas também seu o bem-estar mental.

Correr promove uma melhor saúde cardiovascular e pulmonar. Especificamente, ajuda a aumentar a capacidade pulmonar e a tornar o coração mais eficiente no bombeamento de sangue e oxigénio por todo o corpo. Estes benefícios fisiológicos podem ser úteis no combate, não apenas às doenças respiratórias agudas, como a COVID-19, mas também às condições metabólicas crónicas que nos tornam mais suscetíveis à infeção, como diabetes.

“Normalmente, as pessoas que estão em boa forma física têm melhores sistemas imunológicos e maior capacidade de combater as infeções”, referiu Grace Neurohr, terapeuta e especialista do programa de corrida do Instituto Rubin de Ortopedia Avançada do Hospital Sinai de Baltimore.

Se não dispuser de um tapete em casa, não há problema em correr fora de casa, desde que tome as precauções necessárias. “É bom sair, fazer exercício e recuperar a sanidade num tempo tão conturbado de pandemia”, referiu a especialista.

Correr “pode ​​fornecer alguma estrutura para o seu dia e criar uma rotina que pode ajudar a evitar que se sinta abatido ou desmotivado”, acrescenta Grace Neurohr. “O que também pode ajudar a evitar a depressão ou a ansiedade ao libertar endorfinas, hormônios que nos ajudam a nos sentir mais felizes, mais positivos e até com mais esperança”.

A especialista sugere alguns conselhos para uma corrida ao ar livre o mais segura possível:

Evite muitas pessoas: Para manter o distanciamento social, escolha horários e percursos com menor probabilidade de encontrar pessoas. “Tente correr mais cedo pela manhã ou durante o intervalo do almoço para evitar as mais pessoas. Além disso, tente correr em pistas em vez de parques ou calçadas com movimento. Isso permitirá que tenha mais espaço aberto, mudança de cenário e menos frustração ao tentar desviar-se de outros”.

Durante a corrida seguir as recomendações de distanciamento social, ficar a pelo menos um metro e meio de distância de outras pessoas, e isso pode significar diminuir a velocidade ou parar para permitir que outras pessoas passem com segurança e, se estiver a correr com mais alguém, faça-o em fila e nunca lado a lado.

Traga uma máscara: Se estiver a correr onde estão outras pessoas o distanciamento social de um metro e oitenta pode ser difícil, então deve usar uma máscara.

Não corra com uma máscara N95 ou FFP2. “Estas mascaras dificultam a respiração e devem ser destinadas aos profissionais de saúde e aos socorristas”, em vez disso, use máscaras de pano de camada dupla que cubram toda a boca e nariz. Lave as máscaras regularmente.

Acalme-se: Se estiver a correr com um amigo ou sozinho, não exagere. “Pode ser fácil ficar viciado com a corrida quando não tem mais que fazer”. Evite subir muito rápido e tire dias de descanso para evitar lesões por uso excessivo e evitar o excesso de exercício.

Também deve “incluir exercícios básicos, treino cruzado, treino de força e alongamentos regulares ou ioga para ajudar a manter-se livre de lesões”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!