Debate e reflexão política regressam ao Clube dos Pensadores

Paula Teixeira da Cruz é a convidada de Joaquim Jorge no Clube dos Pensadores. A antiga ministra da justiça vai falar de agentes políticos e da justiça. Uma reflexão num momento em que “há um afunilamento de pensamento político em Portugal”.

0
Debate e reflexão política regressam ao Clube dos Pensadores
Debate e reflexão política regressam ao Clube dos Pensadores. Na imagem Joaquim Jorge e Paula Teixeira da Cruz. Foto: DR

Depois de algum tempo sem atividade o Clube dos Pensadores, fundado por Joaquim Jorge, recebe Paula Teixeira da Cruz, advogada e antiga ministra da Justiça, dia 14 de setembro, pelas 21h30 no Hotel Holiday Inn Porto-Gaia.

Vencer a apatia política

Para Joaquim Jorge este retomar do debate de ideias e opiniões é justificado porque “há um afunilamento de pensamento político em Portugal” e uma “política sedada“ bem como “a insistência de muita gente” para a retoma dos contributos do clube dos pensadores.

Para este estado de falta de debate político em Portugal está “Marcelo Rebelo de Sousa num casamento de conveniência com António Costa e uma apatia política provocada pela ideia que para se governar é preciso consenso nacional alargado”.

Mas Joaquim Jorge considera que “para se governar é preciso sim, uma maioria na Assembleia da República, numa democracia o contraditório e a liberdade de discordar faz parte do seu nobre léxico”.

Para o fundador do Clube dos Pensadores “a vida política tornou-se um show off sem precedentes”, uma “inusitada propaganda a toda a hora e momento”, e “a televisão é Marcelo e Costa à porfia a ver quem parece mais vezes, de quando em quando, para não dizer nada”.

No atual contexto de situação “quem está em layoff, desempregado ou na iminência de despedimento não deve achar graça nenhuma”, e com “a saída de Mário Centeno” de ministro das Finanças, bem como com “o imenso dinheiro que vem a fundo perdido da Europa, está em jogo o futuro de Portugal”.

Joaquim Jorge escreveu que “o medo desta pandemia não nos pode paralisar de pensar e ter ideias. O Novo Banco, o BES, o SNS, a Justiça, a Educação, o domínio do PS na imprensa, a falta de contrapeso do Presidente da República a este governo, entre outros. São questões que nos preocupam”.

Falta de oposição política

“Portugal precisa de mais oposição, menos unanimismo e mais gente a pensar de forma diferente” indicou Joaquim Jorge. E é nesta linha que Paula Teixeira da Cruz, que recentemente, venceu um concurso público internacional no âmbito do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas na elaboração da reforma judiciária de Timor-Leste, é a próxima convidada do clube de pensadores.

Paula Teixeira da Cruz foi uma “ministra marcante no governo de Passos Coelho”, um momento em que “a justiça em Portugal mudou de paradigma, muitos poderosos e ricos (políticos e gestores) estão ou estiveram presos. Antes, tal não acontecia, havia uma justiça para ricos e outra para pobres. Houve uma verdadeira separação entre o poder político e o poder judicial”.

Debate e reflexão no Clube dos Pensadores

No encontro de debate, no dia 14 de setembro, Paula Teixeira da Cruz vai falar do PSD, do Governo, de Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa, Rui Rio e da Justiça portuguesa. Mas também apresentará o mais recente livro de Joaquim jorge, “Notas da Covid-19”.

Em comunicado o Clube de Pensadores lembra que a sala onde vai decorrer o debate “respeita todas as normas de segurança exigidas pela DGS. Distanciamento dos lugares sentados entre si, uso de máscara, sala devidamente ventilada e com um pé direito superior ao normal o que permite a circulação de ar. Entrada ampla que evita ajuntamentos”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!