Demência e depressão têm sintomas semelhantes que atrasam diagnóstico

Semelhança entre demência e depressão, e a negação frequentemente dos sintomas de depressão, atrasa o diagnóstico nos idosos. Consulta de Gerontopsiquiatria, disponível em Coimbra, permite aumentar a eficácia do diagnóstico.

0
Pessoas idosas
Pessoas idosas. Foto: DR

As pessoas mais velhas com sintomas emocionais, comportamentais ou cognitivos associados ao envelhecimento têm agora, em Coimbra, acesso a uma consulta de gerontopsiquiatria. A consulta na Unidade Psiquiátrica Privada de Coimbra (UPPC) é coordenada por um psiquiatra com prática específica na área com o apoio de uma equipa multidisciplinar.

“A depressão nas pessoas mais velhas é difícil de reconhecer, pois os próprios doentes negam muito frequentemente ter sintomas de depressão, como perda de apetite, falta de interesse, energia e motivação para fazer atividades sociais, ansiedade, sentimento de inutilidade, perturbações frequentes do sono, sintomas de culpa e baixa autoestima, explicou Joaquim Cerejeira, Diretor Clínico da UPPC.

A semelhança entre os sintomas de depressão com os de demência conduz, muitas vezes, a um diagnóstico tardio.

O médico esclareceu que “a demência é o termo utilizado para descrever os sintomas de um grupo alargado de doenças que causam um declínio progressivo no funcionamento da pessoa”, e apresenta sintomas que inicialmente “incluem perda de memória frequente e progressiva; confusão; alterações da personalidade; apatia e isolamento; e perda de capacidade para a execução das tarefas diárias.”

“Com o agravamento da doença verifica-se agitação, comportamento motor aberrante, ansiedade, exaltação, irritabilidade, depressão, delírios, alucinações e alterações do sono ou do apetite”, concluiu o especialista.

A Consulta de consulta de gerontopsiquiatria é disponibilizada pela Unidade Psiquiátrica Privada de Coimbra. Uma unidade que oferece “cuidados de saúde, de atividades de formação e de investigação, na área da Psiquiatria e saúde mental, de acordo com padrões de referência internacionais.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!