Dia do Hospital de Santo André, em Leiria, assinalado com aumento de capacidades

Hospital de Santo André, em Leiria, dispõe agora de melhores condições na Unidade de Ambulatório de Gastrenterologia e na Unidade de Ambulatório de Pneumologia. A inauguração das obras assinala Dia do Hospital. Um novo espaço de lazer homenageia os trabalhadores.

0
Dia do Hospital de Santo André, em Leiria, assinalado com aumento de capacidades
Dia do Hospital de Santo André, em Leiria, assinalado com aumento de capacidades. Foto: CHLeiria

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) assinala hoje o Dia do Hospital de Santo André (HSA), com as inaugurações da ampliação da Unidade de Ambulatório de Gastrenterologia e da ampliação da Unidade de Ambulatório de Pneumologia. Unidades que tiveram o apoio da Companhia Avícola do Centro e do Grupo Lusiaves, e com um novo espaço de lazer junto à entrada principal que foi construído em homenagem a todos os colaboradores do Centro Hospitalar.

A ampliação da Unidade de Ambulatório de Gastrenterologia foi motivada pelo aumento do número de consultas e exames efetuados na Unidade que levou à contratação de novos médicos e à aquisição de mais equipamentos. A obra incluiu a criação de mais um gabinete médico (um total de quatro), de mais duas salas de exames (de quatro passou para seis) e uma sala de espera com maior capacidade, que passou dos 16 lugares sentados para 26, assim como o recobro, que tem agora mais 6 camas, num total de 11 camas.

A obra envolveu um investimento de cerca de 310 mil euros, e teve o apoio do Grupo CAC – Companhia Avícola do Centro, em 120 mil euros, para a empreitada e aquisição de equipamento de disseção endoscópica da submucosa (ESD). Uma técnica que permite a excisão de lesões tumorais do tubo digestivo, e que é minimamente invasiva e com menor necessidade de anestesia geral, menor risco de morbimortalidade, maior rapidez e menor tempo de internamento. A ESD permite a excisão completa de cerca de 80 a 90% das lesões gástricas e 90% das lesões colorretais. O Hospital prevê o tratamento de cerca de 50 doentes por ano, quando a sua utilização estiver consolidada.

A ampliação da Unidade de Ambulatório de Pneumologia permitiu aumentar em mais quatro o número de gabinetes médicos, passando de dois para seis, os postos de hospital de dia de oito para 16, e os lugares sentados na sala de espera aumentaram de 16 para 40. O objetivo com esta obra é reduzir os tempos de espera para a primeira consulta, por prioridade, e a percentagem de consultas realizadas dentro dos tempos máximos de resposta garantidos, estipulados para cada prioridade, bem como os tempos de espera para a realização de exames. A obra teve um investimento de cerca de 223 mil euros, e contou com o donativo de 150 mil euros do Grupo Lusiaves, que posteriormente realizou uma nova doação de 56 mil euros.

O Hospital de Santo André passa a dispor de um novo espaço de lazer junto à entrada principal que foi construído em homenagem aos colaboradores do CHL pelo trabalho realizado no contexto da pandemia de COVID-19. Uma obra que pretende assinalar e transmitir às gerações futuras o papel extraordinário que os profissionais do SNS, em especial os profissionais do CHL, tiveram na pandemia, e que seja demonstrativa das relações e interações de complementaridade entre todos os profissionais, homenageando cada colaborador que contribuiu decisivamente para o esforço coletivo da instituição.

A cerimónia de celebração do Dia do Hospital de Santo André contou com as presenças do presidente do Conselho de Administração do CHL, Licínio de Carvalho, do presidente da Câmara Municipal de Leiria, Gonçalo Lopes, e do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!