“Dias do Património a Norte” promove Turismo Cultural

No Ano Europeu do Património Cultural a Direção Regional de Cultura do Norte promove um Ciclo de Eventos de Turismo Cultural em parceria com oito municípios. A iniciativa “Dias do Património a Norte” decorre de abril até setembro.

0
“Dias do Património a Norte” promove Turismo Cultural
“Dias do Património a Norte” promove Turismo Cultural. Mosteiro de Arouca. Foto: CC/Henrique Matos

A Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN), em parceria com oito municípios locais, vai promover um ciclo de eventos integrados na operação “Dias do Património a Norte”, para o efeito conta um investimento total de 400 mil euros, cofinanciado pelo Programa Norte 2020, através do FEDER.

Arouca, Tarouca, Miranda do Douro, Vila Real, Barcelos, Bragança, Mogadouro e Alfândega da Fé são as localidades que acolhem os diversos eventos que foram desenhados para proporcionar uma experiência única e particular em cada um dos lugares. A iniciativa oferece ao longo de dois dias, uma programação que irá “impregnar de novas memórias os espaços, visitantes e comunidades.”

No Ano Europeu do Património Cultural, a DRCN pretende uma descentralização e uma oferta cultural disseminada pelo território, e para isso apresentou um “projeto de turismo cultural inovador, agregador e atrativo, que utiliza como instrumentos fundamentais a programação cultural, o trabalho de mediação com as comunidades e a comunicação ao serviço da qualificação da experiência turística e da competitividade da economia regional.”

António Ponte, Diretor Regional de Cultura do Norte, referiu, citado em comunicado, que “os espaços patrimoniais disseminados pela Região Norte reúnem todas as condições para se assumirem como âncora de uma renovada oferta de experiências culturais e criativas únicas, dinamizando a economia, envolvendo as comunidades e valorizando de forma sustentável a sua paisagem natural e cultural.”

Para que os recursos patrimoniais possam ser o motor de uma nova economia sustentada, nomeadamente no turismo cultural e de paisagem e complementada com outros recursos como a gastronomia e as manifestações e tradições é necessária a salvaguarda da integridade física dos recursos patrimoniais.

Para a DRCN é necessário potenciar os resultados dos investimentos infraestruturais que foram realizados no âmbito dos quadros comunitários anteriores, bem como os que estão previstos no atual Programa Operacional de Desenvolvimento Regional.

E assim é pertinente uma “estratégia de qualificação destes recursos enquanto âncoras da oferta de uma nova dinâmica de turismo cultural na região Norte.”

A iniciativa “Dias do Património a Norte” surge como um evento em rede que vai, pretende a DRCN, “transformar oito lugares patrimoniais da região Norte, em palcos de uma programação artística, cultural e gastronómica, desenhada com o traço da identidade singular de cada território.”

De acordo com a programação, em cada local “uma estória, um sabor, uma tradição, uma descoberta”, que vai estimular “uma dinamização cultural em locais de valor patrimonial inesgotável, criando sentimentos de descoberta e de pertença.”

O primeiro evento da iniciativa decorre nos dias 20 e 21 de abril, no Mosteiro Santa Maria de Arouca, no distrito de Aveiro, com o apoio da Câmara Municipal de Arouca, e conta a presença do Ministro da Cultura, Luis Filipe Castro Mendes.

Nos dois dias, as portadas do Mosteiro estão abertas para receber atividades destinadas a todas as idades, e incluem visitas-jogo pelo monumento, showcooking de Vitela Arouquesa, conversas sobre património e redes do saber e concertos para diferentes públicos.

O programa em Arouca inicia-se na sexta-feira, dia 20, com uma visita-jogo pelo Mosteiro, sobre a Lenda da Rainha Santa Mafalda, exclusivamente reservada às escolas da região, seguindo-se no sábado o ponto alto deste evento. A entrada é livre.

O ciclo de programação “Dias do Património a Norte” vai decorrer nas seguintes datas e locais:

Abril de 20 a 21: Mosteiro de Arouca, Arouca

Maio de 18 a 19: Mosteiro de Santa Maria de Salzedas, Tarouca

Junho de 1 a 2: Concatedral de Miranda do Douro, Miranda do Douro

Junho de 15 a 16: Sé de Vila Real, Vila Real

Julho de 13 a 14: Convento de Vilar de Frades, Barcelos

Julho de 27 a 28: Basílica de Santo Cristo de Outeiro, Bragança

Agosto de 10 a 11: Castelo de Mogadouro, Mogadouro

Setembro de 28 a 29: Igreja Matriz de Sambade, Alfândega da Fé

A DRCN faz a todos um convite para conhecer a riqueza viva deste património!

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!