Diogo Ventura fecha época com título nacional de enduro

Diogo Ventura vence em Marco de Canaveses e conquista o título nacional de enduro absoluto e também na sua classe. Aos comandos de uma Honda CRF 300X tudo estava perfeito para celebrar não fosse a morte súbita de um piloto durante a corrida.

0
Diogo Ventura fecha época com título nacional de enduro
Diogo Ventura fecha época com título nacional de enduro. Foto: DR

O piloto Diogo Ventura aos comandos da sua Honda CRF 300X conseguiu, em Marco de Canavezes, o título nacional de enduro absoluto e também na sua classe. Após um arranque de época marcado por um abandono, o piloto da Alves Bandeira não voltou a ficar fora dos finalistas no campeonato. Agora depois de vencer os derradeiros quatro dias foi já com o título nacional nas mãos que regressou a Góis.

Depois de um primeiro dia mais confortável na luta pelo primeiro lugar final o segundo dia de prova revelou-se mais ‘trabalhoso’ e foi na derradeira especial que Diogo Ventura conseguiu colocar da frente do pelotão a sua Honda com uma decoração especial para o evento.

“Encaixei muito bem a corrida desde o primeiro momento do dia de abertura. No primeiro dia ataquei logo desde o arranque e no final das duas primeiras voltas tinha uma vantagem que me permitiu gerir e fechar com mais uma vitória” comentou Diogo Ventura.

O piloto acrescentou: “No segundo dia foi mais complicado, pois com a chuva foi complicado abrir as especiais devido aos regos terem ficado cheios de água e tentei não cometer erros que pudessem estragar mesmo o campeonato. Ganhei o dia na derradeira especial e cumpri com o objetivo delineado”.

“Foi um título merecido e que é também fruto do trabalho de todas as pessoas que estão comigo, pessoas que se dedicam dia após dia e que também elas foram importante para que alcançasse os meus objetivos” referiu o piloto de Góis depois de mais uma vitória no campeonato nacional e da conquista do título maior do enduro português.

Um dia para comemorar para o piloto do Góis Moto Clube, num momento difícil para o enduro nacional em virtude do falecimento de um piloto durante a corrida. “Lamento e deixo as mais sentidas condolências à família. Foi um ‘balde de água fria’ o momento em que recebemos a notícia. É algo que nunca queremos que aconteça” disse Diogo Ventura.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!