Dispositivo aéreo de combate a incêndios tem 30 meios aéreos

Estão disponíveis para combate a incêndios rurais 30 meios aéreos, dos 37 previstos, e a partir de junho deverão ser 60. Ministério da Defesa Nacional esclareceu que 7 helicópteros ligeiros aguardam decisão do tribunal devido a providência cautelar.

0
Dispositivo aéreo de combate a incêndios tem 30 meios aéreos
Dispositivo aéreo de combate a incêndios tem 30 meios aéreos. Foto: © Rosa Pinto

Com a chegada, hoje, de dois aviões de reconhecimento, avaliação e coordenação o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) para o período de 15 a 31 de maio de 2020, possui agora 30 meios aéreos disponíveis.

O Ministério da Defesa Nacional (MDN) referiu que dos 37 meios aéreos que o DECIR tinha previstos para esta fase, encontra-se em falta o lote de 7 helicópteros ligeiros, que foi objeto de providência cautelar com efeitos suspensivos, e que aguardam pela decisão do Tribunal Administrativo de Loulé.

A partir de junho passam a estar disponíveis um total de 60 meios aéreos de combate aos incêndios, indicou o MDN. O processo é liderado pela Força Aérea que assegurará um dispositivo igual ao de 2019.

Para evitar a imprevisibilidade associada aos concursos de locação de meios aéreos e eventuais atrasos na sua disponibilização, os concursos lançados pela Força Aérea cobrem o período 2020-2023, e evitam a necessidade de mais concursos nos próximos anos.

O MDN indicou que Governo decidiu implementar um novo modelo que passa pela aquisição de meios próprios de combate a incêndios. Um modelo que entrará em funcionamento a partir de 2024.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!