Emergência energética: GNR e PSP conduziram 131 veículos pesados de combustível

Agentes da GNR e PSP conduziram, de 12 e 16 de agosto, 131 veículos pesados de combustível. O uso dos agentes deu-se na sequência da Situação de Alerta declarada pelo MAI devido à greve dos motoristas de matérias perigosas.

0
Emergência energética: GNR e PSP conduziram 131 veículos pesados de combustível
Emergência energética: GNR e PSP conduziram 131 veículos pesados de combustível. Foto: © Rosa Pinto/arquivo

A Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) têm vindo a assegurar a condução de veículos pesados de transporte de combustíveis, desde o início da greve dos motoristas de matérias perigosas, e na sequência da Situação de Alerta declarada pelo Ministro da Administração Interna (MAI).

O MAI indicou que as duas forças de segurança asseguraram, entre os dias 12 e 16 de agosto, a condução de 131 veículos pesados de transporte de combustível, com destino às regiões de Lisboa, Faro, Setúbal, Sintra, Beja e Algarve, e que durante o dia de ontem foi abastecido o Aeroporto de Lisboa. Na operação a GNR e a PSP envolveram 154 elementos.

Durante o período de greve dos motoristas de matérias perigosas elementos das forças armadas também têm vindo a conduzir veículos pesados de transporte de combustíveis, no entanto, o número de veículos e o número de elementos empregues não foi até agora divulgado pelo Ministério da Defesa Nacional.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!