Engenharia Aeroespacial em debate na Universidade do Minho

Conferência “Engenharia Aeroespacial: Desafios futuros para o ensino e investigação” decorre dia 14 de outubro, na Universidade do Minho. Durante a conferência é assinado um memorando com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica, do Brasil.

0
Engenharia Aeroespacial em debate na Universidade do Minho
Engenharia Aeroespacial em debate na Universidade do Minho. Foto: DR

A Universidade do Minho (UMinho) recebe dia 14 de outubro, no auditório B1.10 do campus de Azurém, em Guimarães, a conferência “Engenharia Aeroespacial: Desafios futuros para o ensino e investigação”. Para além dos debates e apresentações, é assinado um memorando de entendimento entre a Escola de Engenharia da UMinho (EEUM) e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), do Brasil.

A conferência é organizada pela EEUM em parceria com os Programas MIT Portugal e UT Austin Portugal e o Centro de Excelência para a Inovação da Indústria Automóvel (CEiiA). Um evento que vai contar com o vice-reitor para o Desenvolvimento Institucional da UMinho, Ricardo Machado, do presidente da EEUM, Pedro Arezes, do coordenador executivo do MIT Portugal, Alexandre Ferreira da Silva, do codiretor do UT Austin Portugal, Rui Oliveira e do coordenador do DTx – Laboratório Colaborativo em Transformação Digital, António M. Cunha, e também com reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), do Brasil, Cláudio Alves.

Para Pedro Arezes, “o memorando com o ITA, que é uma das mais reconhecidas universidades na área da engenharia aeronáutica, representa um passo fundamental para a Universidade do Minho aprofundar a sua relação nesta área de elevada relevância na Engenharia. Quer esta ligação ao ITA, quer a outras universidades, como o MIT e a Universidade de Massachusetts Lowell, nos EUA, permitirá pensar em alavancar uma oferta formativa na área e agregar trabalho de investigação que a UMinho, e em particular a EEUM, tem vindo a fazer em domínios da engenharia aeronáutica e aeroespacial”.

Do programa da conferência consta no período da manhã, às 10h45, a mesa redonda “Desafios de Ensino e Investigação” com Donizeti Andrade (ITA), Nélson Costa e Raul Fangueiro (ambos da EEUM), Pedro Gamboa (Universidade da Beira Interior), Tiago Rebelo (CEiiA) e Albertino Arteiro (Universidade do Porto/UT Austin Portugal). A sessão vai ser moderada por Gustavo Dias, da EEUM. Após a discussão, segue-se a palestra plenária do norte-americano R. John Hansman, do MIT AeroAstro.

Às 14h00, a conferência conta com a participação do responsável do Centro de Ciência e Tecnologia Espacial da UMass Lowell, Supriya. Às 14h30, Francisco Vilhena da Cunha (Tekever), Paulo Antunes (Stratosphere), Francisca Eiriz (Instituto Pedro Nunes) participam na mesa redonda “Os desafios das empresas do setor da aeronáutica, espaço e defesa”, com moderação de António M. Cunha. A palestra final cabe à presidente da Agência Espacial Portuguesa, Chiara Manfletti, devendo os trabalhos encerrar pelas 16h00.

Pedro Arezes salienta a dimensão e importância do evento, que conta ainda com empresas a trabalhar nos domínios da Engenharia Aeroespacial “e que ajudarão a discutir o potencial impacto económico-social de um investimento nesta área do saber”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!