Exposição de Vico Magistretti pela primeira vez em Portugal

O Centro Cultural de Belém acolhe, de 1 a 6 de março, a exposição do famoso designer italiano Vico Magistretti. O Instituto Italiano de Cultura de Lisboa promove a exposição, no âmbito do Dia do Design Italiano no Mundo.

0
Exposição de Vico Magistretti pela primeira vez em Portugal
Exposição de Vico Magistretti pela primeira vez em Portugal. Foto: DR

Obras de um dos mais famosos designers italianos, Vico Magistretti, são expostas pela primeira vez em Portugal. As obras incluem esboços, fotografias, apontamentos, cartas, faxes e algumas peças históricas ainda hoje em produção.

A exposição “Svicolando. Homenagem a Vico Magistretti”que se realiza no Centro Cultural de Belém, de 1 a 6 de março, “relata a história de projetos e produtos tendo como fio condutor a relação profissional e pessoal de Magistretti com os criadores das várias empresas com as quais o seu sucesso foi inevitavelmente entrelaçado.”

A curadoria da Exposição é de Nadir Bonaccorso, arquiteto italiano a viver em Portugal, é a inauguração cabe à diretora do Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, Luisa Violo, precedida de intervenção da ‘Embaixadora do Design Italiano’ em Lisboa, Rosanna Pavoni, diretora da Fundação Studio Museo Vico Magistretti, sediada em Milão.

A exposição é promovida pelo Instituto Italiano de Cultura de Lisboa no âmbito da Segunda Edição do Dia do Design Italiano no Mundo. Um Dia que foi “proclamado pelo Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale, em colaboração com o Ministero per i Beni Culturali e del Turismo, a Trienal de Milão, a Agência ICE, o Salone del Mobile de Milão, e muitas outras instituições públicas e privadas.”

O Dia do Design Italiano no Mundo tem como objetivo “celebrar, a nível internacional, a excelência do design italiano de qualidade que representa hoje um sinal distintivo do Made in Italy, um dos pontos principais da ação de promoção do “viver à italiana” (#VivereALL’Italiana), capaz de veicular uma imagem inovadora de Itália além-fronteiras. Nesta segunda edição, o Dia do Design Italiano no Mundo é dedicado à relação entre design e sustentabilidade, do ponto de vista económico, social e ambiental.”

Durante todo o dia 1 de março, em simultâneo em 100 cidades espalhas pelo mundo, e graças à ação da rede das Embaixadas e dos Institutos Italianos de Cultura, têm lugar iniciativas que contam com a participação de um ‘Embaixador’ selecionado entre os grandes nomes do design italiano, empresários, críticos, docentes, comunicadores e jornalistas, e que pretendem ilustrar a história e as novas tendências deste importante setor da cultura e da economia italianas, indicam os organizadores.

O programa do Dia do Design Italiano no Mundo, preparado pelo Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, inclui uma tarde de “portas abertas” no Babled Design Studio de Lisboa, no dia 1 de março, entre as 14h00 e as 16h00, para visitar a exposição de peças únicas em vidro desenhadas por Emmanuel Babled e realizadas para a casa Venini de Murano. O atelier do designer Emmanuel Babled, criado em Lisboa em 2016, realiza obras de arte/design que se distinguem pelas formas originais e pela excelência dos materiais, no respeito do princípio de produção artesanal e sustentabilidade.

No dia 6 de março, pelas 19h00, o encerramento da exposição dedicada a Magistretti, que além de designer também foi arquiteto, decorre na Sala Sophia de Mello Breyner no Centro Cultural de Belém (CCB), a conferência “Arquitetura e design italiano na época de ouro, 1947-1959” pelo Marco Mulazzani, docente de História da Arquitetura na Universidade de Ferrara, com apresentação a cargo do arquiteto Nadir Bonaccorso.

O Dia do Design Italiano no Mundo também se estende ao Norte de Portugal. Graças a uma parceria com a Escola Superior de Artes e Design (ESAD), pelo que depois de Lisboa, a Exposição “Svicolando. Homenagem a Vico Magistretti” vai a para a Casa do Design de Matosinhos, de 14 a 26 de março.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!