Feira de Troca de Sementes de Paredes de Coura em versão online

Nos dias 6 e 7 março de 2021, Paredes de Coura realiza a sua Feira Anual de Troca de Sementes. A feira realiza-se online para troca de sementes autóctones com o objetivo de preservar a riqueza biológica da região e para uma alimentação saudável.

0
Feira de Troca de Sementes de Paredes de Coura em online
Feira de Troca de Sementes de Paredes de Coura em online. Foto: DR

A Feira Anual de Troca de Sementes de Paredes de Coura decorre nos dias 6 e 7 de março, sábado e domingo, mas este ano na versão online, dado os constrangimentos provocados pela pandemia da COVID-19.

A feira é organizada pelo Município e a Associação Quinta das Águias, e em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura. Uma feira Anual de Troca de Sementes que vai na 7ª edição e que tem sido um contributo para a valorização e preservação das sementes e plantas locais, perante o perigo de extinção provocado pela concorrência de variedades híbridas e transgénicas, que prejudicam o equilíbrio dos nossos ecossistemas.

Para Vitor Paulo Pereira, presidente da Câmara de Paredes de Coura, “a progressiva perda de variedades genéticas de muitas sementes constitui um perigo para a humanidade, porque muitas dessas variedades eram mais resistentes a pragas e doenças. Além do mais, estas representam um património que importa não perder. A educação, a informação e a partilha são das armas mais importantes para contrariar a crescente perda de muitas sementes, quer por desleixo quer pela influência e pressão dos grandes grupos agroalimentares.”

O autarca acrescentou que é fundamental reforçar a importância “de preservar a biodiversidade biológica e incrementar as formas sustentáveis de produção de alimentos, porque simultaneamente contribuímos para uma alimentação mais saudável e um modo de produção mais justo”.

Dados indicam que no século XX foram perdidas 94% de variedades de sementes, incluindo:

Das 544 variedades de couve, restam 28;

Das 158 variedades de couve-flor, restam nove;

Das 55 variedades de couve-rábano, restam três;

Das 34 variedades de alcachofra, restam duas;

Das 288 variedades de beterraba, restam 17;

90 por centro das espécies de pepino estão perdidas.

A diversidade dos stocks de sementes está tão ameaçada como o panda, a águia-real ou o urso polar

Em face da situação a preservação das sementes autóctones assume cada vez mais uma importância vital. As sementes autóctones são cada vez mais raras, e têm vindo progressivamente a ser substituídas por sementes comerciais, variedades iguais em todo o mundo.

As sementes locais foram-se adaptando durante muitas gerações às condições de solo e clima específicas de uma região de origem. As sementes contêm o futuro da vida, por isso é importante mantê-las vivas.

Esta feira de Troca de Sementes vai proporcionar às pessoas o acesso às sementes originais que as poderão cultivar para sua própria utilização e para as manter vivas. Uma Feira inserida no Projeto Educar para o Futuro – Terra orientado pelo Serviço Educativo do Município, em parceria com o Agrupamento de Escolas e com a Associação Quinta das Águias.

A edição online da Feira de Troca de Sementes terá como plataforma o Facebook e do seguinte modo:

1.Os interessados deverão enviar, até ao dia 4 de março de 2021, indicação das sementes disponíveis para troca, juntamente com o nome, proveniência, data e fotografia nítida. Deverão indicar também o perfil de Facebook, para que a troca seja combinada desta forma. Se não tiver perfil de Facebook, poderá indicar um contacto a ficar disponível online.

2. Nos dias 6 e 7 de março, os organizadores publicarão na página do evento um álbum de fotos por participante, com as respetivas informações e tags para contacto.

3.Os participantes farão diretamente as trocas e envios entre si.

4.Apenas serão aceites trocas e não vendas de sementes.

Nota: Só serão aceites sementes em modo de produção biológico.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!