Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa invade a cidade em maio

FATAL 2018, o Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa, decorre de 10 a 19 de maio. A criatividade e o talento de jovens atores de diversos grupos de teatro académico, nacionais e estrangeiros vão invadir Lisboa.

0
Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa invade a cidade em maio
Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa invade a cidade em maio

O Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa (FATAL) 2018 que já vai na 19ª edição decorre de 10 a 19 de maio em diversos locais da cidade de Lisboa. Um festival que reúne a criatividade e talento de diversos grupos de teatro académico, nacionais e estrangeiros.

O FATAL tem como objetivo promover e divulgar o Teatro Universitário português, garantindo-lhe um lugar de honra na vida cultural portuguesa.

O Teatro Universitário, desenvolvido no âmbito das instituições de Ensino Superior é uma das atividades extracurriculares estudantis de maior significado sociocultural e histórico no meio universitário português.

O Festival apresenta cerca de 20 espetáculos e integra a apresentação de espetáculos em competição por três categorias, fora de competição e convidados, levando o teatro universitário ao encontro do público da cidade. Todos os espetáculos, e atividades paralelas, vão decorrer em vários locais da Universidade e da cidade de Lisboa.

Com a edição deste ano do FATAL, a Universidade de Lisboa é mais uma vez ser colocada na rota dos grandes festivais europeus de teatro universitário.

O FATAL vai este ano homenagear o Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra que foi fundado em 1938, e que em 2018 comemora 80 anos. É o grupo de Teatro Académico, em atividade contínua, mais antigo da Europa.

Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra é, para além um teatro dos estudantes, “uma escola de atores, encenadores, formadores, diretores, cenógrafos, figurinistas, técnicos de luz e som. É um lugar onde, além de artistas, se formam pessoas para o mundo.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!