Festival de Cinema Aventura de Matosinhos exibe mais de 20 filmes

O Festival de Cinema Aventura regressa ao Mercado Municipal de Matosinhos nos dias 12 a 15 de setembro, e exibe mais de 20 filmes e documentários, que são projetados nas bancas do mercado. As obras vão despertar no público a sede de aventura por lugares exóticos.

0
Festival de Cinema Aventura de Matosinhos exibe mais de 20 filmes
Festival de Cinema Aventura de Matosinhos exibe mais de 20 filmes. Foto: DR

Após a realização de duas mostras de cinema em anos anteriores, a agência de viagens Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos, vai realizar a primeira edição do Festival de Cinema Aventura, em que a tela será colocada Mercado Municipal de Matosinhos.

Em setembro de 12 a 15, com entrada gratuita, vai ser possível ver mais de 20 filmes e documentários, sempre às 21h30, com histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão no público, procurando realizar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

“Queremos celebrar o poder do vídeo para criar pontes entre culturas. Este Festival pretende dar voz às produções nacionais de curtas-metragens sobre diversas temáticas nomeadamente viagens, surf, aventura e montanha. Inspirando-nos a explorar e a proteger o nosso planeta”, explicou Tiago Costa, diretor do Festival de Cinema Aventura.

O Festival de Cinema Aventura conta com a presença de convidados internacionais como Nathan Thornburgh, editor e correspondente estrangeiro da revista TIME durante 10 anos, e produtor para a CNN da plataforma “Anthony Bourdain: Explore Parts Unknown”, ou a de Corey Rich, uma referência incontornável como fotógrafo e realizador de filmes outdoor. Embaixador da Nikon e colaborador regular da RedBull, Corey foi um dos diretores de fotografia do aclamado filme “The Dawn Wall”. Movido pela aventura e pela criatividade, entre os seus clientes encontram-se marcas como a Patagonia, The North Face e Discovery.

O programa do Festival inclui também a presença de importantes figuras nacionais nomeadamente João Garcia, montanhista, marco na história do alpinismo, tendo sido o primeiro português a escalar o Monte Everest, e Eduardo Leal, fotógrafo de referência premiado pelo Sony World Photo Awards, com trabalhos publicados no Washington Post, Time, Al Jazeera, CNN, Bloomberg, The Wall Street Journal e The Guardian. Eduardo Leal usa a fotografia documental para retratar questões políticas, ambientais, sociais e de género na América do Sul e no sudoeste Asiático.

“Mas o festival não é só para ver filmes, é também um ponto de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos. De troca de ideias e conhecimento. O programa do festival inclui também conferências, exposições fotográficas, festas, workshops, conversas e muito mais”, revela Tiago Costa.

Distinções “Melhor Curta” e “Escolha do Público”

Na edição deste ano, o Festival vai dar voz às produções nacionais de curtas-metragens, premiando o que de melhor se faz dentro das temáticas da viagem, do surf e da aventura. Os candidatos podem submeter os seus vídeos, desde que enquadrados numa nas temáticas.

Para ficarem automaticamente elegíveis para os prémios de “Melhor Curta” e “Escolha do Público”, as curtas-metragens devem ter entre 2 a 30 minutos. Serão aceites curtas-metragens originais, produzidas nos últimos dois anos, sendo valorizadas curtas-metragens estreadas/publicadas no ano do festival.

A “Melhor Curta”, distinção para a melhor curta escolhida pelo júri do Festival oferece ao vencedor um prémio monetário no valor de 2000€. A “Escolha do Público”, atribuído pelo público durante uma sessão especial do Festival atribui ao vencedor o prémio monetário no valor de 1000€. Para isso devem ser submetidas via FilmFreeway até 30 de Junho de 2019, em https://www.festivalcinemaaventura.org/premios.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!