Festival Literário de Bragança torna a cidade num dinâmico polo de cultura

Festival Literário de Bragança, que vai na 5ª edição, decorre de 22 a 25 de maio, sob o mote "Cultura, Território e Identidade". A iniciativa do Município de Bragança envolve diversas atividades e confirma a cidade como um importante polo de cultura.

0
Festival Literário de Bragança torna a cidade num dinâmico polo de cultura

Atualmente o Festival Literário de Bragança é um evento de referência a nível nacional, que conta com a presença de diversos autores de referência da literatura nacional, como João Tordo, Nuno Amado, Bruno Vieira Amaral e Elisabete Neves, entre outros.

De entre as diversas atividades que fazem parte do festival encontram-se as orientadas para os mais jovens, do meio urbano e rural, e sessões para reclusos dos estabelecimentos prisionais. A Câmara Município de Bragança pretende que o Festival Literário seja uma ferramenta de inclusão social, tanto no meio rural, com a iniciativa “O Escritor vai à Aldeia”, para reforçar laços intergeracionais, através da leitura e do teatro, como nos Estabelecimentos Prisionais, onde a leitura e a escrita assumem-se como instrumentos de reflexão e uma ajuda para os reclusos, com a iniciativa “Encontro com o Escritor”.

Com o Festival Literário e as diversas atividades o Município de Bragança pretende promover e consolidar hábitos de leitura e escrita, elevando o índice de literacia do Concelho, numa perspetiva de equidade de oportunidades.

Orientada para as famílias e a pensar nos mais novos a iniciativa “Livros com Histórias à Solta”, que inclui o Minifestival do Livro Infantojuvenil tem também o objetivo criar hábitos de leitura nos mais novos. Nesta linha de motivar para a leitura e para a escrita, juntam-se nomes como Maria João Fialho Gouveia, Tiago Salgueiro, Nuno Nepomuceno, João Morgado, a ilustradora Mafalda Milhões e o escritor Luís Osório, Ana Bárbara de Santo António, Daniela Costa, Paula Nisa e Caseiro Marques, entre outros.

Do programa do Festival consta a apresentação da Coletânea Rostos de Terra, que reúne mais de 50 textos de autores associados da Academia de Letras de Trás-os-Montes.

No dia 25 de maio são lançados os catálogos que relatam uma pouco da história dos dez anos (2008-2018) do Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, com o lançamento dos catálogos que relatam uma pouco da história deste importante equipamento cultural de referência nacional.

O Festival Literário de Bragança é um projeto promovido pelo Município de Bragança, dinamizador de um concelho já reconhecido como “um território de elevada densidade cultural”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!