Festival Literatura em Viagem com conferência de Pedro Abrunhosa

A 12ª edição do festival Literatura em Viagem, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca, em Matosinhos, de 11 a 13 de maio, para uma nova incursão pelo património literário mundial. Na conferência inaugural participa Pedro Abrunhosa.

0
Festival Literatura em Viagem com conferência de Pedro Abrunhosa
Festival Literatura em Viagem com conferência de Pedro Abrunhosa. Foto: DR

Na 12ª edição do festival Literatura em Viagem, que decorre, de 11 a 13 de maio, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca, em Matosinhos, um conjunto notável de escritores, artistas e visões sobre os aglomerados urbanos que se confundem com a própria história dos povos e das ideias que os movem, vão ‘viajar’ até Jerusalém, Paris, Nova Iorque, Rio de Janeiro e Matosinhos.

A conferência inaugural do festival, às 21h30 de sexta-feira, 11 de maio, decorre no Salão Nobre da Câmara Municipal de Matosinhos e tem como convidado o músico e compositor Pedro Abrunhosa, autor de um dos mais inovadores trabalhos musicais portugueses das últimas décadas: o álbum ‘Viagens’, de 1994.

Entretanto o ‘LeVzinho’ vai levar os escritores Olinda Beja, de São Tomé e Príncipe, Patrícia Müller e Richard Zimler a várias escolas do concelho de Matosinhos. Estão também já abertas as portas para dois outros géneros de viagem proporcionados pelo festival Literatura em Viagem (LeV) de 2018.

A Biblioteca Municipal Florbela Espanca acolhe a digressão pelas memórias e raízes da pintora Maria Beatitude, enquanto a Galeria Municipal de Matosinhos mostra os leitores que, desde 2011, Sandra Barão Nobre fotografou nas suas múltiplas andanças pelo mundo.

A edição, deste ano, do Festival Literatura em Viagem, com o tema “romance das cidades” tem início às 15 horas de sábado, 12 de maio, com o historiador Joel Cleto a guiar a visita pelo património imaterial de Matosinhos.

Adriana Calcanhotto e Alexandra Lucas Coelho vão de seguida levar o público até às contradições da cidade maravilhosa do Rio de Janeiro. E cabe a Isabel Lucas e João Tordo traçar o caminho até Nova Iorque, a cidade que nunca dorme.

No domingo, dia 13 de maio, Enric González e Tânia Ganho percorrem por Paris, enquanto Sheikh David Munir e os escritores Miguel Miranda e Paulo Moura fazem a incursão por Jerusalém e pelos seus infindáveis conflitos.

A 12ª edição do Festival Literatura em Viagem incluiu também debate sobre a natureza e o apelo das cidades literárias. Um debate onde participam Francisco José Viegas e o escritor islandês Sjón, mas também para uma entrevista de vida ao inglês Jonathan Coe, vencedor do prémio Médicis e jurado do Man Booker Prize, um dos mais prestigiados do planeta.

Ainda no dia 13, mas de manhã, na Biblioteca Municipal Florbela Espanca, uma Oficina de Escrita Criativa é orientada pela escritora Filipa Melo.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!