Festival Reguengos Wine & Blues Fest

Ten Years After comemoram 50 anos de carreira no Reguengos Wine & Blues Fest. O festival leva a Reguengos de Monsaraz nomes como Julian Burdock e Danny del Toro, Vitor Bacalhau e Blues de Chicago de Velma Powell com a banda Bluedays.

0
Festival Reguengos Wine & Blues Fest
Festival Reguengos Wine & Blues Fest. Foto: DR

O Reguengos Wine & Blues Fest decorre nos dias 13 e 14 de agosto, no Parque de Feiras e Exposições de Reguengos de Monsaraz, com entradas gratuitas. O festival conta com a lendária banda inglesa Ten Years After que atuou em 1969 no Festival de Woodstock, Julian Burdock em dueto com Danny del Toro, o português Vitor Bacalhau e o Blues de Chicago de Velma Powell acompanhada pela Bluedays.

O festival, integrado na ExpoReg, a 26ª Exposição de Atividades Económicas, é organizado pelo Município de Reguengos de Monsaraz e produzido pela Trovas Soltas. O Blues à alia-se à Capital dos Vinhos de Portugal – Reguengos de Monsaraz. Um concelho onde 10 empresas produzem anualmente mais de 25 milhões de litros de vinho com qualidade reconhecida.

A noite de 13 de agosto do Reguengos Wine & Blues Fest abre às 22h00 com Vitor Bacalhau e a apresentação do seu segundo álbum, “Cosmic Attraction”, mas também de algumas músicas do seu disco de estreia, “Brand New Dawn”, que tocou durante dois anos nas suas tournées.

Vitor Bacalhau
Vitor Bacalhau. Foto: DR

Vitor Bacalhau alcançou este ano a maior distinção na sua carreira ao subir ao pódio do European Blues Challenge 2018, que decorreu em Hell, na Noruega, e juntou 21 bandas de Blues de outros tantos países europeus. Foi a primeira vez que uma banda portuguesa alcançou esse galardão na Europa dos Blues.

Velma Powell vem a seguir acompanhada em palco pela banda Bluedays, num concerto em que se ouvem algumas das músicas dos álbuns “Blues to the Bone” e “Step into the Blues”, mas também clássicos do Blues de Chicago dos anos 40, 50 e 60 do século passado.

A cantora natural de Chicago é familiar de John Lee Hooker e do mítico Brownie McGee e por isso herdeira de um passado rico na história do Blues americano. A sua voz forte e emocionante contrasta com a sensibilidade que transmite nas baladas, nas quais Velma Powell demonstra uma maior proximidade ao Jazz.

Velma Powell acompanhada pela banda Bluedays
Velma Powell acompanhada pela banda Bluedays. Foto: DR

Na noite de 14 de agosto do Reguengos Wine & Blues Fest às 22h00 é a vez do dueto do inglês Julian Burdock e do espanhol Danny del Toro. Um concerto que promete um caldeirão de diversidade musical cheio de influências e estilos, desde os Bottleneck Blues ao Funk, incluindo algumas composições originais. O duo surpreendente que consegue eletrizar o público com a guitarra e a voz forte de Julian Burdock acompanhada pela melodiosa harmónica de Danny del Toro.

Julian Burdock foi já dez vezes nomeado para os British Blues Awards e venceu o Blues & Soul Show Award for innovation 2016 e o New Brunswick Battle of the Blues 2011. Danny del Toro é “um dos melhores intérpretes de harmónica de Blues da Europa” e para além de acompanhar as tournées de Julian Burdock, atua também com artistas como Little G Weevil, Alvon Johnson, Bex Marshall, Marco Cinelli, entre outros.

Julian Burdock
Julian Burdock. Foto: DR

O festival internacional de Blues do Alentejo encerra com a banda inglesa Ten Years After. “I’m Going Home”, “música celebrizada na sua atuação em 1969 no Festival de Woodstock,” um dos temas que se vão ouvir em Reguengos de Monsaraz, assim como os clássicos “I Woke Up This Morning”, “Love Like A Man”, “Good Morning Little Schoolgirl”, “The Hobbit” e “Choo, Choo Mama”.

Ten Years After
Ten Years After. Foto: DR

O teclista Chick Churchill e o baterista Ric Lee são os únicos membros da formação inicial dos Ten Years After que têm agora a companhia na voz e guitarra de Marcus Bonfanti, vencedor do British Blues Award, e do baixista Colin Hodgkinson, que já tocou com The Spencer Davis Group, Peter York, Whitesnake, Jan Hammer, John Lord e Chris Rea. Em 2018, os Ten Years After estão a festejar meio século de carreira e para comemorar a banda de Blues-Rock escreveu e gravou um novo álbum de estúdio, intitulado “A Sting In The Tale”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!