Força Aérea resgata tripulante de embarcação espanhola em condições meteorológicas difíceis

Tripulante da embarcação espanhola MARIVI UNO foi resgatado, a 16 de novembro, a cerca de 270 quilómetros das Lajes. O resgate foi feito pela tripulação de um EH-101 Merlin, da Força Aérea, com condições atmosféricas muito adversas.

0
Helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa
Helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa. Foto: ©Rosa Pinto/arquivo

A Força Aérea resgatou, em 16 de novembro, um tripulante da embarcação espanhola MARIVI UNO que cerca de 270 quilómetros das Lajes, Açores. O pescador que terá ficado ferido durante a faina apresentava um estado de saúde que estava a agravar-se com o tempo.

O resgate do tripulante foi feito com sucesso pela tripulação do EH-101 Merlin de alerta na Base Aérea N.º 4 (BA 4, Lajes), com uma equipa médica a bordo, mas sob condições atmosféricas muito adversas.

Também no final do dia anterior, 15 de novembro, o EH-101 Merlin de alerta na Base Aérea N.º 6 (BA 6), no Montijo, procedeu ao resgatar uma pessoa, do sexo masculino no navio de cruzeiro SAGA SAPPHIRE, a cerca de 330 quilómetros do Montijo.

“Em ambos os casos, os pacientes foram transportados nos helicópteros operados pela Esquadra 751 até às Unidades da Força Aérea, nos Açores (BA 4) e no continente (BA 6), onde se encontravam ambulâncias a postos”, informou a Força Aérea.

A Força Aérea indicou, ainda, que “as operações aéreas foram conduzidas pelos Centros Coordenadores de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes e de Lisboa, após solicitação de empenhamento de meio aéreo por parte dos Centros Coordenadores de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada e de Lisboa.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!