Forte procura dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais no Politécnico do Cávado e do Ave

Primeira fase de candidaturas aos cursos Técnicos Superiores Profissionais no Politécnico do Cávado e do Ave preencheu todas as vagas de 18 cursos. Das 599 vagas dos 21 cursos estão preenchidas 541, as restantes transitam para a segunda fase.

0
Forte procura dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais no Politécnico do Cávado e do Ave
Forte procura dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais no Politécnico do Cávado e do Ave. Foto: DR

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebeu, na primeira fase de candidaturas aos 21 Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP), 739 candidaturas para as 599 vagas disponíveis.

As candidaturas da primeira fase permitiu ocupar na totalidade as vagas de 18 cursos, constituindo no total dos 21 cursos uma taxa de ocupação de 90,3%. Para o IPCA esta forte procura ilustrando o crescente sucesso dos Cursos TeSP desenvolvidos no politécnico.

O IPCA indicou que para o ano letivo 2018/2019, já se encontram colocados 541 estudantes distribuídos pelos 21 Cursos TeSP nas áreas do Design, Gestão, Hotelaria e Turismo e da Tecnologia, e que de entre os cursos de Mecânica Automóvel, Desenvolvimento Web e Multimédia, Apoio à Gestão e Organização e Gestão de Eventos, foram os que registaram maior procura.

O Curso TeSP de Mecânica Automóvel vai funcionar pela primeira vez no Campus do IPCA, em instalações que estão atualmente em construção, para além dos cursos de Gestão Industrial da Produção, Desenho Técnico e Maquinação e Manutenção Industrial.

O IPCA indicou que a procura dos cursos como primeira opção aumentou este ano, e que as matrículas decorrem de 4 a 7 de setembro, após essa data vão ser divulgadas as vagas disponíveis para a segunda fase, prevista de 11 a 13 de setembro.

“Os CTeSP são cursos superiores, com a duração de dois anos, que têm como objetivo formar técnicos superiores numa área de atividade profissional, permitindo aos seus diplomados o ingresso numa licenciatura”, lembrou o IPCA.

Até 2016 o IPCA diplomou 81 técnicos superiores, tendo sido uma das primeiras instituições do país a oferecer este tipo de cursos, no ano letivo 2014/2015.

O IPCA lembrou ainda que os Cursos TeSP do IPCA estão em funcionamento no Campus do IPCA, em Barcelos, no Polo de Braga e Guimarães e este ano pela primeira vez em Vila Nova de Famalicão, no CITEVE.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!