Fotografo Pedro Letria distinguido com Prémio António Quadros

Fotógrafo e docente da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha do Politécnico de Leiria, Pedro Letria é distinguido pela Fundação António Quadros. O Prémio é pela primeira vez atribuído a um fotógrafo.

0
1
Partilhas
Pedro Letria
Pedro Letria. Foto: Rui Xavier

O fotógrafo e docente da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha do Instituto Politécnico de Leiria (ESAD.CR/IPLeiria), Pedro Letria, acaba de ser distinguido com o Prémio António Quadros. O Prémio é, pela primeira vez, atribuído a um fotógrafo, “tendo já premiado personalidades das áreas da filosofia, romance, poesia, literatura infantojuvenil, imprensa e teatro.”

De acordo com comunicado do IPLeiria para a atribuição do prémio, “o júri procurou distinguir uma personalidade cuja carreira e cuja obra se tenham pautado por valores de humanismo e liberdade, para além, naturalmente, de uma particular relevância no panorama fotográfico português”.

Outro dos aspetos que foi considerado para a distinção foi, de acordo com a Fundação António Quadros, “a vasta obra e a longa carreira de Pedro Letria, distinguidas pelo aprofundamento de valores humanistas e por uma dimensão particular de ‘pedagogia da imagem’.”

Do júri do prémio fizeram parte Bruno Santos, docente na Escola Artística António Arroio e Atelier de Lisboa, Emília Tavares, conservadora e curadora no Museu Nacional de Arte Contemporânea-Museu do Chiado, e Filipe Figueiredo, investigador do Centro de Estudos de Teatro na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e Paulo Ribeiro, investigador do Museu do Teatro e da Dança.

O fotógrafo Pedro Letria, com 52 anos, é autor de vários livros como ‘E.N. 118’, da editora Ópera; ‘Terraformada, Verbos, Inventário e Mármore’, da editora Assírio e Alvim; e ‘The Club’, da editora Pierre von Kleist. Pedro Letria foi bolseiro Gulbenkian, por duas vezes, e recebeu uma bolsa de estudo do Programa Fulbright. É bachelor of Fine Arts in Studio pela School of the Art Institute de Chicago, EUA, e obteve o Master of Fine Arts na Rhode Island School of Design, EUA.

Pedro Letria já expôs no Centro Cultural de Belém, na Fundació Foto Colectanea, Barcelona, no Parc de La Villette, Paris, na Galeria Olido em São Paulo, e no Kunstlerhaus Bethanien, em Berlim, e alguns dos trabalhos integram coleções como o Centro Português de Fotografia e a Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz