Fundação Calouste Gulbenkian lança Prémio de um milhão de euros

Isabel Mota, presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, anunciou, ontem, o lançamento do Prémio Calouste Gulbenkian para a Humanidade. O Prémio anual, no valor de um milhão de euros, vai em 2020 ser dedicado às Alterações Climáticas.

0
Fundação Calouste Gulbenkian lança Prémio de um milhão de euros
Fundação Calouste Gulbenkian lança Prémio de um milhão de euros. Isabel Mota, presidente da FCG. Foto: © TVEuropa

Na cerimónia que assinalou o 150º aniversário do nascimento de Calouste Sarkis Gulbenkian, a presidente da Fundação, Isabel Mota, anunciou o lançamento de um novo prémio, o Prémio Calouste Gulbenkian para a Humanidade, no valor de um milhão de euros.

O Prémio Calouste Gulbenkian para a Humanidade é de prioridade anual e vai reconhecer e ser “um incentivo a novas ideias que contribuam para melhorar o futuro do planeta”, e na primeira edição a atribuir em 2020 “vai ser dedicado às Alterações Climáticas”.

Isabel Mota referiu que o Prémio tem “uma ligação evidente com a venda da Partex”, pois “ao desinvestir nos interesses dos combustíveis fósseis e apoiar soluções que mitigam os efeitos das alterações climáticas” a Fundação vai ajudar “a reduzir o seu impacto ambiental”, como “a encontrar soluções que são inadiáveis”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!