Governo declara situação de crise energética

Governo declara situação de crise energética a partir de hoje, 9 de agosto. Na Rede Estratégica de Postos de Abastecimento (REPA) os veículos particulares podem abastecer até 15 litros nos postos e até 25 litros de combustível nos restantes postos.

0
Governo declara situação de crise energética
Governo declara situação de crise energética. Foto: © Rosa Pinto

Foi declarada pelo Governo a situação de crise energética a partir das 23h59 de 9 de agosto e as 23h59 de 21 de agosto de 2019, para todo o território nacional. A partir das zero horas do dia 12 de agosto, caso se venha a concretizar a greve dos motoristas de matérias perigosas é constituída uma Rede Estratégica de Postos de Abastecimento (REPA) enquadrada na definição de serviços mínimos que vai garantir o abastecimento de combustíveis em todo o país.

A REPA inclui 374 postos de abastecimento do norte ao sul do país e regiões autónomas, sendo que destes postos 54 são destinados exclusivamente a veículos prioritários ou equiparados e os restantes 320 para o público em geral.

Para que possa haver uma distribuição de combustível sem roturas o Governo definiu que os particulares podem abastecer até 15 litros de combustível de gasolina ou gasóleo por veículo nos postos da rede de emergência e até 25 e 100 litros para gasolina ou gasóleo a cada veículo ligeiro e pesado, respetivamente, nos postos fora da REPA enquanto estes dispuserem de reservas de combustíveis.

Pode consultar aqui o mapa dos postos afetos à Rede Estratégica de Postos de Abastecimento.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!