Guia de Boas Práticas para os media na cobertura de incêndios florestais

ERC - Entidade Reguladora para a Comunicação Social publicou um Guia de Boas Práticas destinado aos Órgãos de Comunicação Social (OCS), na cobertura informativa de incêndios florestais e de outras calamidades.

0
Guia de Boas Práticas para os media na cobertura de incêndios florestais
Guia de Boas Práticas para os media na cobertura de incêndios florestais. Foto: DR

Um Guia de Boas Práticas desenvolvido pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), e agora publicado, vem no seguimento dos últimos incêndios de 2017, em que a cobertura jornalística mereceu alguns reparos da população que fez chegar à ERC.

A ERC lembra a importância dos media em acontecimentos como os ocorridos em 2017, e releva a necessidade de um tratamento informativo rigoroso e isento que garanta “o cumprimento das normas ético-legais próprias da atividade jornalística e o respeito pelos direitos fundamentais dos visados.”

O Guia de Boas Práticas possuiu 10 recomendações que incluem, nomeadamente, a necessidade de serem assegurados escrupulosamente os deveres de rigor, sem juízos especulativos, assegurando a confirmação dos factos e respeito pela presunção de inocência. Os OCS não devem “abster-se de recolher imagens e declarações de vítimas, familiares ou pessoas em manifesto estado de vulnerabilidade psicológica, emocional e física”, e deve haver um cuidado especial quando se “trata de vítimas ou testemunhas menores de idade.”

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!