IFD já disponibilizou mais de 950 milhões de euros

A IFD tem vindo, desde 2017, a garantir uma maior rapidez no financiamento direcionado a pequenas e médias empresas e de média capitalização (midcaps). Um financiamento que já ultrapassou os 950 milhões de euros.

0
IFD já disponibilizou mais de 950 milhões de euros
IFD já disponibilizou mais de 950 milhões de euros. Foto: © Rosa Pinto

A Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) tem vindo a operacionalizar as soluções de financiamento direcionado a pequenas e médias empresas e de média capitalização (midcaps) através de garantias, empréstimos e instrumentos de capital. Esta operacionalização tem contribuído para facilitar o acesso ao financiamento e para a estabilização da situação financeira das empresas e reforço da sua autonomia financeira.

A IFD indicou que até agora já “obteve financiamento de 450 milhões euros, garantido pelo Banco Europeu de Investimento (BEI) e pelo Banco do Conselho da Europa (BEC)” e que “gere 534 milhões de euros provenientes de fundos com origem nacional e comunitária, com origem no IAPMEI e nos programas operacionais do Portugal 2020”.

A estratégia da IFD ao “atrair capitais privados com os instrumentos financeiros de política pública”, está “a contribui decisivamente para a redução de insuficiências de mercado”. Atualmente os instrumentos financeiros geridos pela IFD podem “fornecer financiamento de mais de 2,710 milhões de euros a PME e midcaps”.

A IFD, em parceria com o Ministério da Economia (ME) e a Representação Permanente de Portugal Junto da União Europeia (REPER) organizou ontem o evento Investing in the EU: The Role of National Promotional Banks – The Portuguese Case, na Representação Permanente Portuguesa, em Bruxelas. Um evento que contou com a presença de Pedro Siza Vieira, Ministro Adjunto e da Economia.

No encontro o Banco Europeu de Investimento (BEI) apresentou as suas atividades em Portugal e salientou os benefícios da parceria com a IFD. A Comissão Europeia, através da DG ECFIN, também esteve presente no evento, onde apresentou as perspetivas sobre a implementação do novo fundo InvestEU.

Durante os quase cinco anos de existência a IFD estabeleceu parceria com o sistema nacional de garantia mútua e 14 bancos portugueses, com o Fundo Europeu de Investimento (FEI), com 18 fundos de Venture Capitals e 59 sociedades de Business Angels. As parcerias permitiram disponibilizar canais complementares de oferta de financiamento às empresas.

A IFD é uma instituição grossista, que disponibiliza os seus instrumentos financeiros através da rede de intermediários financeiros, constituída pelas parcerias, numa lógica de complementaridade, suprindo falhas de mercado.

No contexto internacional a IFD desenvolveu ainda uma importante rede de relações, integrando a Network of European Financial Institutions for Small and Medium Enterprises (NEFI), a European Associations Long-term Investors (ELTI), a Invest Europe, a European Venture Fund Investors Network (EVFIN) e os conselhos consultivos técnicos do Grupo European Investment Bank (EIB). Esta rede de relações permite “partilhar e implementar as melhores páticas a nível europeu de investimento e financiamento de empresas”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!