Ilídio Pinho recebe Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Aveiro

Empresário Ilídio Pinho recebe Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Aveiro. Uma distinção por uma carreira excecional como empresário, mas também dirigente associativo, autarca, benemérito e humanista ao serviço da causa pública.

0
Ilídio Pinho recebe Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Aveiro
Ilídio Pinho recebe Doutoramento Honoris Causa da Universidade de Aveiro. Foto: DR

A Universidade de Aveiro (UA) atribui Doutoramento Honoris Causa a Ilídio Pinho. O empresário é Membro do Conselho de Curadores da UA, “e possui uma carreira notável no mundo empresarial nacional e internacional”, tendo-se também destacado no mundo associativo e autárquico.

“Os diversos cargos de elevada relevância empresarial que tem vindo a assumir ao longo dos anos, como fundador, acionista ou presidente, e os vários negócios diferenciados e internacionais que tem promovido e impulsionado, atestam as suas multifacetadas qualidades de empreendedor criador e de inovador organizacional e a sua invulgar capacidade de pensar e antecipar o futuro”, refere a Reitoria da UA.

O papel de elevado destaque e projeção na história de Portugal por Ilídio Pinho é “visível também na sua ação a favor da causa pública e na atenção especial e continuada que tem oferecido ao valor da ciência na educação e ao bem-estar das pessoas”, refere também a Reitoria da Academia de Aveiro.

Para a Reitoria a criação da Fundação Ilídio Pinho, com a missão de colocar a ciência ao serviço da valorização humana, do desenvolvimento económico, da promoção da cultura e da solidariedade entre gerações e povos, “espelha o caráter de benemérito de exceção e de humanista profundo do Eng. Ilídio Pinho”.

A Reitoria lembra que “os altos serviços que [Ilídio Pinho] tem prestado ao país são extensíveis também à UA, com a qual tem mantido uma ligação próxima há uma década, desempenhando nesta instituição um forte papel interventivo e de assertiva análise das grandes opções desta instituição relativamente ao futuro e na sua projeção para o mundo”.

Uma vida dedicada à causa pública

Ilídio da Costa Leite de Pinho nasceu em Vale de Cambra em 19 de dezembro de 1938, tendo concluído o curso de Engenharia Eletrotécnica e Máquinas no Instituto industrial do Porto em 1961. Desde novembro de 2014 que é membro do Conselho de Curadores da Universidade de Aveiro (UA).

É fundador e presidente da Fundação Ilídio Pinho, que criou em memória do filho Ilídio Pedro, com a missão de “contribuir para que o desenvolvimento da ciência seja um fator de valorização humana e um instrumento de desenvolvimento económico, de promoção da cultura e da solidariedade entre gerações e povos”. O trabalho na Fundação contribui, em muito, para fazer de Ilídio Pinho um dos nomes mais relevantes do país na dedicação à causa pública.

A ligação de Ilídio Pinho à UA iniciou-se no mandato da Reitora Helena Nazaré e como membro do Conselho Consultivo da Academia de Aveiro. Este conselho foi criado com o objetivo de discutir as grandes opções da UA relativamente ao futuro e decisões estratégicas. Mais tarde em 2014, a UA e a Fundação Ilídio Pinho criaram a Cátedra Ilídio Pinho em Neurociências. Esta tem por objetivo principal criar e desenvolver um programa multidisciplinar em neurociências, através da integração das capacidades existentes, da identificação das necessidades específicas e de novas oportunidades.

A UA tem saído enriquecida com os diversos contributos e a larga experiência de vida pessoal e profissional de Ilídio Pinho, nomeadamente como membro do Conselho de Curadores desde 7 de fevereiro de 2014. Nesse Conselho tem desempenhado um papel interventivo e de assertiva análise dos diferentes dossiers e na projeção da UA para o futuro e para o mundo.

Ilídio Pinho, criador do grupo COLEP, ultrapassou ao longo da vida, a sua dimensão profissional e empresarial e revelou-se como dirigente associativo, autarca, benemérito de exceção e humanista profundo ao serviço da causa pública, com uma atenção especial e continuada ao valor da Ciência na Educação e para o bem-estar das pessoas. A COLEP está hoje presente, de várias formas, na Europa, África, América do Norte, América do Sul, Médio Oriente e Ásia, em países como Alemanha, Austrália, Brasil, China, Emiratos Árabes Unidos, Espanha, Japão, México, Polónia, Reino Unido e Tailândia, com um total de faturação anual superior a 400 milhões de euros.

Entre muitas outras distinções e reconhecimentos, Ilídio Pinho foi distinguido com altas distinções de mérito a nível nacional: Comendador da Ordem do Mérito Industrial e Grã-Cruz da Ordem do Mérito. É também membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP – Energias de Portugal.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!