Instituto Confúcio no Porto arranca em outubro de 2019

Instituto Confúcio na Universidade do Porto vai abrir ensino da língua e cultura chinesas à população, em outubro de 2019. As instalações do Instituto vão também permitir desenvolver atividades ligadas à promoção da cultura da China e de Portugal.

0
Instituto Confúcio no Porto arranca em outubro de 2019
Instituto Confúcio no Porto arranca em outubro de 2019. Foto: DR

A Universidade do Porto (U.Porto) inaugurou o primeiro Instituto Confúcio na cidade. O projeto é resultado de uma parceria de investimento entre a Universidade do Porto e a Guangdong University of Foreign Studies. O Instituto tem como objetivo alargar os horizontes culturais dos estudantes, estreitar as relações entre a Universidade e o Porto à China, e fortalecer a cooperação entre os dois países.

O Instituto que entra em funcionamento em outubro de 2019 está instalado na Rua de Ceuta, no Porto. Os primeiros cursos de língua e cultura chinesa estão disponíveis para todo o tipo de público e que são lecionados por dois professores chineses, vindos da Guangdon University of Foreign Studies.

O espaço vai contar, também, com outras atividades abertas à população em geral, como sessões de cinema, exposições de arte, feiras do livro, cursos de culinária, de caligrafia, de dança e artes marciais.

O instituto agora criado tem vai permitir aproximar a comunidade falante chinesa residente na região norte do país, que tem vindo a crescer nos últimos anos, bem como estudantes internacionais que, nos últimos anos, têm escolhido a U.Porto para a sua formação académica, sendo que este ano letivo, a Universidade conta com mais de 75 estudantes chineses a completar um curso completo ou a participar num período de mobilidade.

O Instituto Confúcio na Universidade do Porto está enquadrado no memorando de entendimento assinado entre os chefes de Estado de Portugal e China, em dezembro de 2018, sobre a promoção de atividades de cooperação para o desenvolvimento de parcerias. Na inauguração do espaço esteve o Embaixador da China em Portugal, Cai Run, e o Reitor da Universidade do Porto, António de Sousa Pereira.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!