Instituto Gregoriano leva grandes compositores, ao Museu do Oriente

Vivaldi, Grieg e Bach são alguns dos grandes compositores que a Camerata de Cordas e a Orquestra de Cordas do Instituto Gregoriano interpretam em concerto, no domingo, 3 de junho, às 17h00, no Auditório do Museu do Oriente. A entrada é gratuita.

0
Instituto Gregoriano leva grandes compositores, ao Museu do Oriente
Instituto Gregoriano leva grandes compositores, ao Museu do Oriente. Foto: DR

Dirigida por António Carrilho, a Camerata de Cordas é constituída por jovens entre os 12 e os 18 anos, dos cursos de violino, viola e violoncelo do Instituto Gregoriano de Lisboa. Já a Orquestra de Cordas, fundada em 2011, integra alunos dos cursos básicos e secundário de violino, viola e violoncelo, sendo o seu atual maestro, o professor João Camacho.

O Instituto Gregoriano de Lisboa é uma escola pública de ensino artístico especializado de música e oferece cursos de iniciação, básicos e secundários de canto gregoriano, cravo, flauta de bisel, órgão, piano, viola de arco, violino e violoncelo.

Neste concerto, a Camerata de Cordas tocará obras de Vivaldi, Grieg, Bartók, Hindemith e Villa-Lobos. A Orquestra de Cordas tocará obras de Bach, Telemann e Pachelbel.

Concerto Camerata de Cordas e Orquestra de Cordas do Instituto Gregoriano

3 de junho, domingo | Auditório | 17h00 | Gratuito
PROGRAMA DA ORQUESTRA DE CORDAS
Tomaso Albinoni | Sinfonia em Sol Maior
Johann Pachelbell | Canon
J. S. Bach | Et Misericordia (do Magnificat)
Rondeau da Suite para Orquestra nº2
Coral “Jesus bleibet meine freude” da Cantata nº147

PROGRAMA DA CAMERATA DE CORDAS
Antonio Vivaldi | Sinfonia Bajazet
Edvard Grieg | A canção de Solveig
Béla Bártok | Danças populares romenas
Heitor Villa-Lobos | Choro nº 1

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!