Integral dos Trios de Schubert no CCB

No CCB, a 11 e 12 de março, pela primeira vez em Lisboa, a integral dos Trios de Schubert. Apresentação é de DSCH–Schostakovich Ensemble, que convidou a violinista suíça Esther Hoppe, Christian Poltéra e Isabel Charisius.

0
1
Partilhas
Filipe Pinto-Ribeiro, DSCH–Schostakovich Ensemble
Filipe Pinto-Ribeiro, DSCH–Schostakovich Ensemble. Foto: © Rita Carmo

A Integral dos Trios de Franz Schubert vai ser apresentada pela primeira vez em Lisboa, em dois concertos, dia 11 março às 21h e 12 março às 17h, no Pequeno Auditório do CCB, pelo DSCH–Schostakovich Ensemble.

Para esta “viagem” pela música de Schubert, Filipe Pinto-Ribeiro, fundador e diretor artístico do Ensemble, convocou um leque de músicos ‘aclamados internacionalmente’, com destaque para a estreia no CCB da violinista suíça Esther Hoppe e os ‘ansiados regressos’ do violoncelista Christian Poltéra e da violista Isabel Charisius.

Trata-se de um conjunto de obras que se estendem ao longo de todo o diapasão criativo do grande compositor vienense, desde o profético Trio com Piano D.28, composto quando Schubert tinha apenas 15 anos, passando pelos inspirados Trios de Cordas e culminando nos dois ‘extraordinários’ Trios com Piano, obras-primas da literatura camerística compostas no penúltimo ano da curta vida do compositor, em 1827.

Franz Schubert (1797-1828) continua a ser reconhecido como um dos mais fulgurantes e geniais compositores da história da música.

No CCB, DSCH–Schostakovich Ensemble Filipe Pinto-Ribeiro piano e direção artística, e Esther Hoppe ao violino, Isabel Charisius na viola e Christian Poltéra no violoncelo.

Dia 11 de março 2017
Franz Schubert (1797-1828):
1.ª parte
Trio com Piano “Sonata” D.28 (1812)
Allegro
Trio de Cordas n.º 2 D. 581 (1817)
I. Allegro moderato
II. Andante
III. Minuetto: Allegretto
IV. Rondo: Allegretto

2.ª Parte
Trio com Piano n.º 1 D. 898 (1828?)
I. Allegro moderato
II. Andante un poco mosso
III. Scherzo: Allegro – Trio
IV. Rondo: Allegro vivace

Dia 12 de março 2017
Franz Schubert (1797-1828):
1.ª Parte
Trio de Cordas n.º 1 D. 471 (1816)
Allegro
Sonata “Arpeggionne” D. 821(1824)
I. Allegro moderato
II. Adagio
III. Allegretto
Trio com Piano “Notturno” D. 897 (1828?)
Adagio

2.ª Parte
Trio com Piano n.º 2 D. 929 (1827?)
I. Allegro
II. Andante con moto
III. Scherzando: Allegro moderato – Trio
IV. Allegro moderato

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

wpDiscuz