Joaquim Jorge já se sente vitorioso na candidatura à Câmara de Matosinhos

Matosinhos Independente vê candidaturas às eleições autárquicas a serem validadas pelo Tribunal da Comarca de Matosinhos. Para Joaquim Jorge “chegar até aqui, já é uma vitória tendo em conta todo o tipo de obstáculos”.

0
Joaquim Jorge já se sente vitorioso na candidatura à Câmara de Matosinhos
Joaquim Jorge já se sente vitorioso na candidatura à Câmara de Matosinhos. Foto: DR

O Tribunal da Comarca de Matosinhos validou a candidatura do Movimento Matosinhos Independente às próximas eleições autárquicas. O Movimento é liderado pelo biólogo Joaquim Jorge e tem o apoio de um alargado grupo de cidadãos eleitores.

Para Joaquim Jorge a aceitação da candidatura do Matosinhos Independente à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal e à União de Freguesias Custóias, Leça do Balio e Guifões, e à União de Freguesias de São Mamede e Senhora da Hora, é já um grande passo, dado o Movimento não ter tido qualquer intervenção dos partidos.

“É, a primeira vez em Matosinhos que surge um movimento independente genuíno da sociedade civil fora do arco do poder”, e só possível como devido “aos milhares de matosinhenses, que se dignaram assinar as proposituras para podermos concorrer à CM Matosinhos, assim como, a todos os candidatos do movimento”, aos quais Joaquim Jorge faz questão de agradecer.

Joaquim Jorge faz também “uma referência especial ao PPM de Gonçalo Câmara Pereira, ao PDR de Bruno Fialho, ao MPT na pessoa de José Inácio Faria e ao RIR de Vitorino Silva, pela abertura e disponibilidade em podermos concorrer pelos seus partidos em Matosinhos, inclusive em coligação”.

O candidato à presidência da Câmara de Matosinhos lembra que “no início, da formação do Movimento, o Aliança liderado, na altura, por Pedro Santana Lopes …, também mostrou abertura para poder concorrer.”

“Gestos nobres e elegantes que nunca esqueceremos” releva Joaquim Jorge e acrescenta: “Este desenlace permite no futuro pensar em formar um partido de cariz regional, assim a Constituição o permita”.

O líder do Matosinhos Independente conclui: “Chegar até aqui, já é uma vitória tendo em conta todo o tipo de obstáculos”, sendo que “todo este processo foi o mais importante, o resultado vem por acréscimo. Para nós relevante não é a meta, mas sim o caminho”.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!