Jornalismo de investigação em destaque em junho

Crianças e adolescentes que desaparecem sem deixaram rasto e o trabalho do jornalismo de investigação na procura de factos que que mostrem pistas. People Magazine Investigates na programação de junho do ID – Investigation Discovery, posição 74 da rede NOS.

0
Jornalismo de investigação em destaque em junho
Jornalismo de investigação em destaque em junho. Foto: DR

No conceito que se pretende induzir que “a justiça é cega”, encontra-se um caminho que é, muitas vezes, feito de reviravoltas dramáticas, episódios de traição, segredos ocultos e heróis anónimos. Na série, a revista semanal mais popular dos EUA, a People, procura desvendar a verdade por detrás de algumas das personagens mais infames e dos casos de crime mais icónicos.

A série People Magazine Investigates foca-se nas histórias mais tocantes de vidas e nas famílias destroçadas por crimes, que abriram os telejornais, e se converteram em parte da cultura popular.

Nas peças de investigação, com entrevistas exclusivas e testemunhos pessoais impactantes, os jornalistas da revista People procuram divulgar novos factos e provas, bem como expor todas as reviravoltas e conclusões, umas vezes chocantes outras vezes inesperadas, ocorridas durante a procura pela verdade em cada um dos casos.

People Magazine Investigates retrata as histórias extraordinários de pessoas comuns colocadas sob os holofotes para o escrutínio da opinião pública. Em junho, a programação centra-se sobre os casos de crianças e adolescentes que desapareceram e cujos casos estão ainda hoje por resolver.

No episódio de 11 de junho, às 23h00, no ID – Investigation Discovery, o canal de crime-real exclusivo da NOS (posição 74), conhecemos um caso sem solução há 20 anos e resultou na maior operação de busca de uma criança desaparecida na história do Arizona, EUA.

No final de tarde de 2 de janeiro de 1999, Mikelle Biggs, de 11 anos, e a irmã, Kimber, de 9 anos, brincavam na rua em frente de casa, num pacato bairro de Mesa, nos arredores de Pheonix, Arizona, quando ouviram a carrinha dos gelados aproximar-se. Mikelle andava aos círculos com a bicicleta quando a irmã entrou em casa por um momento. Quando tornou a sair não havia rasto de Mikelle. No solo estava a bicicleta tombada com o pneu ainda a rodar. Onde poderia estar esta criança de 11 anos. Teria sido raptada? No espaço de apenas 90 segundos, 1 minuto e meio, a vida de uma família é virada do avesso para sempre. Um caso que continua a intrigar duas décadas depois.

No dia 18 de junho, às 23h00, People Magazine Investigates investiga o desaparecimento em 2002 de uma jovem de 12 anos no caminho para a escola, em Oregon City. A investigação policial não produziu quaisquer pistas, até que se deu o desaparecimento de uma outra jovem.

No dia 25 de junho também às 23h00, People Magazine Investigates centra a sua atenção sobre um caso com 40 anos. Em 1980, uma adolescente do Maine saiu de casa para correr e praticar um pouco de desporto. O seu corpo sem vida foi encontrado dias depois com sinais de um espancamento brutal. A polícia só decidiu reexaminar o caso após uma intervenção importante da mãe da vítima.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!