Joscho Stephan com “Jazz Cigano” faz digressão pelo norte do país

Joscho Stephan Trio em digressão pelos 4 municípios do Quadrilátero Cultural 2021, leva “Jazz Cigano” a Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães, de 25 a 28 de agosto.

0
Joscho Stephan com “Jazz Cigano” faz digressão pelo norte do país
Joscho Stephan com “Jazz Cigano” faz digressão pelo norte do país

Quadrilátero Cultural 2021: Um novo olhar sobre o património cultural e natural dos Municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães. Joscho Stephan Trio leva espetáculos de música aos quatro Municípios.

Joscho Stephan é considerado pela crítica como um dos melhores guitarristas do mundo do género, e vai dar pela primeira vez em Portugal, uma masterclass dedicada a músicos locais entre os dias 21 e 24 de agosto de 2021, no Theatro Gil Vicente em Barcelos.

Da programação dos espetáculos de Joscho Stephan Trio constam:

  • Dia 25 de agosto, no Parque da Ponte, Braga;
  • Dia 26 de agosto, no Anfiteatro Parque da Devesa, Famalicão;
  • Dia 27 de agosto, no Anfiteatro Largo da Comissão, Guimarães;
  • Dia 28 de agosto, na Frente Ribeirinha de Barcelos.

Barcelos apresenta o espetáculo “A música ao encontro da história e do património”– residência artística e concertos com Joscho Stephan e o seu trio – Jazz Cigano” no âmbito do Quadrilátero Cultural, projeto financiado por Fundos da União Europeia.

Joscho Stephan estreia-se neste projeto com uma masterclass que decorre entre os dias 21 e 24 de agosto de 2021, no Theatro Gil Vicente, destinada a músicos locais das quatro cidades envolvidas.

A masterclass está também aberta ao público em geral, na modalidade de ouvinte, sujeita a inscrição obrigatória e limitada a 30 vagas diárias.

Esta é uma oportunidade para os artistas locais contactarem com músicos de referência internacional. Trata-se de um projeto enriquecedor, que chega à comunidade de uma forma gratuita e que marca a diferença nos territórios impactados pelos atores envolvidos e pela qualidade e excelência do trabalho em rede.

O projeto culmina com um espetáculo de Joscho Stephan em trio acompanhado na guitarra ritmo por Sven Jungbeck e por Volker Kamp no contrabaixo que estará em circulação pelas 4 cidades que compõem o Quadrilátero Cultural: no dia 25 de agosto, às 21h00 é apresentado no Parque da Ponte, em Braga; no dia 26 de agosto, às 19h00, no Anfiteatro Parque da Devesa, em Famalicão e no dia 27 agosto, às 19h00, no Anfiteatro Largo da Comissão, Montanha da Penha, em Guimarães finalizando em Barcelos, no dia 28 de agosto, às 21h00, na Frente Ribeirinha de Barcelos.

Neste espetáculo também se apresenta o resultado do trabalho e da experiência adquiridos pelos participantes da masterclass.

Todos estes espetáculos são de entrada gratuita, limitada à lotação de cada espaço e cumprem todas as regras definidas pela DGS.

Projeto Financiado por Fundos da União Europeia, no âmbito da Prioridade de investimento: conservação, proteção, promoção e desenvolvimento do património natural e cultural – património cultural – programação cultural em rede – imaterial – domínio sustentabilidade e eficiência no uso de recursos.

Joscho Stephan

O musico Joscho Stephan (Alemanha) é considerado um dos maiores guitarristas do mundo de Gipsy Jazz ou Jazz Manouche – numa tradução direta “Jazz cigano” – designa um género musical em concreto, surgido na década de 30 do Século XX, pela mão do guitarrista cigano Django Reinhardt. Este é um estilo virtuosístico que Joscho domina ao mais alto nível, como reconheceram as prestigiadas revistas Guitar Player ou Acoustic Guitar Magazine.

Partilhou o palco com grandes músicos de jazz tais como: Paquito de Rivera, James Carter, Charlie Mariano, Martin Taylor, Tommy Emmanuel ou Grady Tate.

Participou em importantes festivais internacionais na Austrália, EUA, Eslovénia, Itália, França, Polónia e Reino Unido), destacando-se os seus concertos no Lincoln Center de Nova York, no santuário de jazz nova-iorquino Birdland ou, na capital da Country Music – Nashville.

Considerado pela crítica como um dos melhores guitarristas do mundo do género, o mesmo acontece quanto ao seu prestígio como professor, dedicando-se intensamente à formação.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!