Lamego requalifica Rua Visconde de Arneirós com mais de 1,6 milhão de euros

Câmara Municipal de Lamego vai dar inicio a obras de requalificação da Rua Visconde Arneirós, uma importante artéria nas imediações na cidade. A obra envolve um investimento de 1.667.664 euros.

0
Lamego requalifica Rua Visconde de Arneirós com mais de 1,6 milhão de euros
Lamego requalifica Rua Visconde de Arneirós com mais de 1,6 milhão de euros. Foto: DR

A Câmara Municipal de Lamego assina contrato de consignação para a requalificação da Rua Visconde de Arneirós. Uma requalificação que é considerada urgente e determinante para uma boa mobilidade. A artéria une a Rua 15 de Março com a escola de Hotelaria e Turismo do Douro, um dos principais estabelecimentos de ensino do concelho e um local de grande afluência e movimentação de pessoas.

A obra é executada no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), e envolve um dos mais avultados investimentos da autarquia nas artérias do tecido urbano, num valor de 1.667.664,00 euros.

Depois de uma candidatura ao programa FEDER em novembro de 2019 a obra pode agora ter inicio, e têm um prazo de 12 meses de execução.

Para Ângelo Moura, presidente da Câmara Municipal de Lamego, trata-se “de uma intervenção fundamental, não só em termos de acessibilidade e de escoamento do trânsito mas também, e acima de tudo, em termos do reforço das condições de segurança dos peões.”

“O que aconteceu nesta rua é que, com a passagem dos anos o traçado foi ficando cada vez mais sinuoso e instável. Para além disso, a formação de diversos núcleos habitacionais e novos equipamentos contribuíram também para o evoluir da sua degradação assim como fomentaram o aumento da circulação de viaturas e de peões, tornando esta via pouco segura. Por este motivo, mas também por ser uma das mais antigas artérias que liga o centro da cidade à periferia, era imperativo que esta obra fosse realizada”, explicou o autarca.

As obras na Rua Visconde Arneirós envolvem a construção de um arruamento com duas faixas de rodagem, com uma largura total de seis metros, e a execução de um passeio para salvaguardar as árvores de grande porte e os muros que delimitam as propriedades agrícolas da zona envolvente. A intervenção inclui ainda a implementação de uma nova rotunda junto à urbanização da Quinta de Santo António.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!