Livros antigos do Convento de Vilar de Frades estão a ser intervencionados

Livros da biblioteca do Convento de Vilar de Frades, em Barcelos, estão a ser tratados para preservação e estudo. Um trabalho do Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto financiado pela Direção Regional da Cultura do Norte.

0
Livros antigos do Convento de Vilar de Frades estão a ser intervencionados
Livros antigos do Convento de Vilar de Frades estão a ser intervencionados. Foto: DR

Os livros da biblioteca do antigo Convento de Vilar de Frades, em Barcelos, estão a ser tratados tecnicamente para estudo, valorização e uma melhor preservação. O trabalho faz parte de um projeto realizado pelo Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto e coordenado por José Meirinhos.

O Projeto, que tem como objetivo o estudo das bibliotecas monásticas no norte do país, desde o período medieval até ao período moderno de constituição das bibliotecas públicas, é financiado pela Direção Regional da Cultura do Norte (DRCN), no âmbito da candidatura Mosteiros a Norte, cofinanciada pelo Programa Operacional Norte 2020.

Esta intervenção vai permitir compreender o papel das bibliotecas monásticas no norte do país na difusão e circulação do saber, bem como permitir a constituição de espólios em áreas específicas do saber e a formação de leitores e de escolas.

A DRCN indicou que “após o primeiro contacto com o espólio do antigo convento de Vilar de Frades, pertença do espólio biográfico da Biblioteca Municipal de Barcelos, constatou-se que havia necessidade de iniciar imediatamente um tratamento preventivo de limpeza e consolidação dos livros, ficando de fora a hipótese de restauro, que implicaria excessivos custos.”

Dos trabalhos faz parte o tratamento “de 991 volumes, na sua generalidade em muito mau estado de conservação” para uma melhor preservação. Os trabalhos envolvem a limpeza, ordenação, consolidação e reacondicionamento, e de seguir a catalogação e indexação.

O projeto envolve três tarefas principais:

consolidação e catalogação, de 1 de fevereiro de 2018 a 30 de junho de 2018;
estudo, de 1 de fevereiro de 2018 a 31 de dezembro de 2019;
difusão e publicações, de 1 de novembro de 2018 a 31 de dezembro de 2019.

O projeto vai analisar os melhores meios para a publicação e difusão das publicações que venham a ser realizadas, bem como para o depósito dos livros em condições que favoreçam a sua consulta ou musealização.

A DRCN indicou que a “informação produzida será disponibilizada em diferentes suportes: catálogo físico e online e ficheiro em suporte eletrónico.”

A Operação Mosteiros a Norte da DRCN

O programa Mosteiros a Norte, da Direção Regional de Cultura do Norte com cofinanciamento pelo Programa Operacional Norte 2020, abrande um investimento total de 2,3 milhões de euros, e envolve intervenções nos mosteiros de Arouca, Grijó, Rendufe, Tibães, Pombeiro e Vilar de Frades.

Para enviar uma sugestão, por favor faça ou .

Deixe um comentário

Ainda sem comentários!